Maior evento de bancos da America Latina será realizado no Brasil e terá criptomoedas e blockchain como destaque

A Federação Brasileira de Bancos, FEBRABAN, é a principal entidade representativa do setor bancário do Brasil e todo o ano, realiza o CIAB FEBRABAN – Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras, que neste ano acontecerá entre os dias 11 e 13 de junho, em São Paulo, e, pela primeira vez no evento, segundo um comunicado compartilhado com o Cointelegraph, as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão destaque na programação.

Segundo o comunicado, trazendo como tema central "Conectado com o Cliente, Contribuindo para a Sociedade", temas como blockchain, open banking, inovação, fintechs e startups, serviços de tecnologia, regulação, meios de pagamentos, seguros, futurismo, segurança e cibersegurança, a jornada do cliente e os provedores de soluções e negócios estarão entres o principais tópicos do evento.

Como reportou o Cointelegraph, a Ripple fará o anuncio de sua chegada oficial no Brasil durante o evento. A empresa também apresentará a RippleNet, que já tem três clientes no Brasil, entre eles dois grandes bancos que operam no Brasil, o Banco Rendimento e o Banco Santander.

Além da Ripple o CIAB contará também com a presença da QR Capital, que foi a única fintech da área de Bitcoin e criptoativos selecionada para participar do evento e ganhou o direito de ocupar um estande no CIAB Fintech Lounge, junto com outras 35 fintechs brasileiras e cinco estrangeiras.

O comunicado da Febraban destaca também que Amazon irá apresentar soluções voltadas ao Open banking e Blockchain, em especial a plataforma Mambu, com soluções de core bancário no modelo software como serviço e o GFT, com serviços de open banking, blockchain, migração de aplicações para nuvem

Outra empresa presente no evento e que trabalha em soluções envolvendo criptoativos e blockchain é a Infineon, apresentará uma solução para o mercado de fintechs, uma maneira segura e confiável que a Infineon encontrou para armazenar e gerir as chaves de acesso do mundo digital (criptomoedas/blockchain - nuvem) para o mundo real (físico). Por exemplo, caso o usuário perca sua chave privada que confere acesso a seu patrimônio em bitcoins, é possível recuperar a mesma através da solução da Infineon.

Já a Vector ITC Group, abordara soluções com blockchain e também inteligência artificial e machine learning. Assim como a IBM que deve apresentar no evento os desenvolvimentos que tem feito por meio do hyperledger fabric.