Segunda maior corretora de valores do Japão, a Daiwa completa projeto-piloto de blockchain

A Daiwa Securities Group, segunda maior corretora de títulos do Japão, anunciou a conclusão de uma prova de conceito (PoC) blockchain em um comunicado compartilhado com a Cointelegraph em 19 de fevereiro. A PoC implementou a blockchain na correspondência comercial de processamento pós-negociação .

O projeto-piloto blockchain, que recebeu o nome de “Teste de Prova de Conceito da JPX para Utilização do Blockchain/DLT na Infraestrutura do Mercado de Capitais”, envolveu 26 empresas, incluindo instituições financeiras, provedores de sistemas e investidores institucionais. O objetivo relatado do projeto - que acabou de completar a segunda de duas fases - era aumentar a eficiência da tecnologia blockchain no processo de pós-negociação.

De acordo com os resultados do projeto, espera-se que a implementação de especificações padronizadas e processos de fluxo de trabalho para o sistema blockchain reduza os custos operacionais e permita um desenvolvimento mais fácil de novos produtos e serviços. De acordo com o comunicado de imprensa, a empresa "acredita que a padronização também gerará benefícios consideráveis ​​para os investidores que são os beneficiários finais".

O comunicado de imprensa também observa que implementar um sistema padronizado via blockchain para uma ampla gama de empresas exigirá considerações mais práticas. Como a versão afirma:

“Talvez precisemos desenvolver uma nova organização ou um consórcio que seja responsável pelo desenvolvimento e administração do sistema, gestão do orçamento e desenvolvimento de fundos. Vamos discutir mais sobre a estrutura de colaboração com os participantes do mercado e realizar estudos de viabilidade para colocar esse conceito em prática.”

Como a Cointelegraph informou ontem, o Sumitomo Mitsui Banking Corporation, segundo maior banco do Japão em ativos, conduziu uma PoC usando a plataforma de trade finance Marco Polo do consórcio blockchain R3. O projeto visava aumentar a eficiência nos processos comerciais.

Também ontem, o banco central do Japão publicou os resultados de sua pesquisa sobre as possíveis maneiras de implementar moedas digitais de banco central (CBDC) dentro do sistema monetário existente.