Power Ledger executa teste de distribuição de energia baseado em blockchain no Japão

A empresa australiana de tecnologia de energia Power Ledger fará um teste de comercialização de energia via blockchain na região de Kanto, no Japão, até dezembro de 2019

Para lançar seu segundo  teste no Japão, a Power Ledger fez uma parceria com o fornecedor solar japonês Sharing Energy e o varejista de eletricidade eRex, informou a empresa em um comunicado à imprensa compartilhado com o Cointelegraph em 3 de outubro.

Principal região econômica do Japão

O novo teste da Power Ledger rastreará os níveis excedentes de energia solar e o comércio de eletricidade, integrando a plataforma P2P habilitada para blockchain com os sistemas de medidores inteligentes domésticos na região de Kanto.

Com a capital do Japão, Tóquio, localizada em Kanto, a região é considerada o principal motor da economia do Japão e, depois da Califórnia, nos Estados Unidos, é a segunda maior economia subnacional do mundo.

Acesso a sistemas de energia mais baratos

O estudo pretende demonstrar os benefícios dos sistemas de energia distribuídos no combate à redução significativa da tarifa de alimentação (FIT), prevista para outubro de 2019 e que deverá afetar mais de 500.000 consumidores de energia solar, observa o relatório.

A plataforma permitirá que os participantes do teste estabeleçam preços e acompanhem o comércio de energia em tempo real para demonstrar a liquidação de transações solares excedentes.

Ao testar a tecnologia Power Ledger, a região de Kanto pode potencialmente aprender como monetizar investimentos em energia renovável e obter acesso a sistemas de energia mais baratos. O teste com o Sharing Energy e o eRex está programado para dezembro de 2019.

Como o Cointelegraph relatou, em agosto, a Power Ledger anunciou a conclusão de um teste conjunto de um sistema baseado em blockchain para o excedente de energia pós-FIT, em Osaka, em parceria com a japonesa Kansai Electric Power.