A gigante de TI japonesa Fujitsu abre 'centro de inovação Blockchain' internacional na Bélgica

A firma japonesa de tecnologia da informação e comunicação (ICT) Fujitsu anunciou recentemente a abertura do seu Centro de Inovação internacional Blockchain em Bruxelas, Bélgica para explorar as possíveis aplicações da tecnologia em todas as áreas possíveis, de acordo com um press release publicado no dia 21 de março.

Em seu comunicado oficial, a Fujitsu alegou que o novo centro irá pesquisar e desenvolver soluções baseadas em Blockchain em “setores de todos os tipos”, desde auditorias baseadas em tecnologia de ledger distribuído (DLT) até votação baseada em blockchain.

Yves de Beauregard, diretor da Fujitsu Benelux (Bélgica, Holanda, Luxemburgo), observou o crescente interesse da tecnologia Blockchain entre os clientes e afirmou que muitos aplicativos baseados em DLT ainda são inexplorados.

"Este é apenas o começo, já que pretendemos explorar o uso potencial mais amplo do blockchain em uma variedade de áreas comerciais", disse Beauregard.

De acordo com o comunicado de imprensa da empresa, Bruxelas foi escolhida como a localização do Blockchain Centre por suas "vantagens geográficas, políticas, tecnológicas e linguísticas para organizações internacionais que estão considerando aplicações da tecnologia blockchain".

Anteriormente o Cointelegraph relatou que a empresa japonesa de Blockchain e cripto Tech Bureau ofereceu sua Blockchain privada à empresa belga Digipolis, uma organização para serviços intermunicipais de ICT para cidades belgas Ghent e Antuérpia, como parte do "The Blockchain Lab" para fornecer uma estrutura administrativa mais eficiente para as cidades.