Regulador financeiro do Japão quer que a indústria cripto "cresça sob regulamentação apropriada"

O comissário do órgão regulador financeiro do Japão, a Agência de Serviços FInanceiros (ASF), disse que a agência quer que o setor de criptomoedas "cresça sob regulamentação apropriada", em entrevista à Reuters em 22 de agosto.

Toshihide Endo, comissário da FSA do Japão, disse à Reuters que vê a meta da agência para desenvolver a indústria cripto como um "equilíbrio" entre a proteção ao consumidor e a inovação tecnológica. O comissário acrescentou:

“Não temos a intenção de restringir excessivamente [a indústria cripto]. Gostaríamos de vê-la crescer sob regulamentação apropriada”.

Em julho, a ASF estava considerando mudar a base legal para regular as casas de câmbio cripto à supervisão da Lei de Instrumentos Financeiros e Câmbio (FIEA), em vez de sua fundação legal atual, a Lei de Serviços de Pagamento.

No início deste mês, a ASF publicou os resultados de suas inspeções in loco de várias operadoras de casa de câmbio cripto, observando que nas inspeções ela dá “prioridade à proteção do investidor”.