Gigante japonesa de comércio Itochu desenvolve sistema de rastreabilidade blockchain em PoC

Uma das maiores empresas de comércio japonesas anunciou oficialmente o início de uma prova de conceito (PoC) destinada a desenvolver um sistema de rastreabilidade através da blockchain, de acordo com um comunicado de imprensa publicado em 1 de fevereiro.

A Itochu Corporation, uma empresa de comércio geral e uma das cinco maiores empresas do Japão, está desenvolvendo um sistema de rastreabilidade blockchain que permitirá que compradores e vendedores registrem a data, hora, localização e outros detalhes da transação na blockchain através de um aplicativo para smartphone.

A PoC usará a empresa de cadeia de suprimento de borracha natural sediada na Indonésia Pt. Aneka Bumi Pratama, uma empresa que processa e produz borracha fragmentada e é totalmente de propriedade da Itochu Corporation.

Visualization of the blockchain-based rubber supply chain

Visualização da cadeia de suprimentos de borracha baseada em blockchain. Fonte: Comunicado de imprensa da Itochu

O comunicado de imprensa ressalta que a entrada em operação da nova PoC está contribuindo para a realização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável listados na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, adotada pelas Nações Unidas. O documento também acrescenta:

“O objetivo de desenvolver um sistema de rastreabilidade blockchain [é garantir] a aquisição estável e fornecimento de matéria-prima para nossas empresas de investimento e partes interessadas, melhorando a rastreabilidade de sua distribuição.”

O uso da tecnologia blockchain para rastrear diferentes materiais é amplamente utilizado. Em outubro do ano passado, Ruanda, o maior produtor mundial de tântalo, metal usado em eletrônicos de consumo, anunciou uma parceria com uma startup blockchain para rastrear a mineração do onflituoso metal, informou a Cointelegraph em 17 de outubro.

Em novembro passado, o governo sul-coreano também declarou planos de usar a tecnologia blockchain para fornecer aos consumidores informações da cadeia de suprimentos de alimentos, para rastrear a carne bovina.