Gigante financeira do Japão SBI Holdings considera pagar dividendos em XRP

A gigante japonesa de serviços financeiros SBI Holdings está considerando pagar dividendos aos acionistas na forma de tokens XRP, seguindo a mesma prática de sua subsidiária MorningStar.

Depois que a MorningStar começou a oferecer dividendos a seus acionistas em XRP no início deste ano, o CEO da SBI, Yoshitaka Kitao, revelou que a empresa agora está considerando seguir o exemplo, informou o Cointelegraph Japão em 5 de dezembro.

A SBI lançaria o programa durante o ano fiscal que termina em março de 2020, com Kitao afirmando ainda que este é um programa de adesão voluntária.

Os dividendos em XRP da MorningStar aumentaram os negócios de cripto da SBI

A MorningStar Japan, uma empresa independente de pesquisa de investimentos financeiros, revelou seus planos de incorporar dividendos baseados em XRP em agosto de 2019. À época, a empresa disse que ofereceria 30 XRP a seus acionistas se eles possuissem um mínimo de 100 ações até 30 de setembro.

O lançamento dos dividendos em XRP na MorningStar resultou em um número crescente de movimentações diárias na exchange de criptomoedas da SBI, a SBI VC Trade, afirmou Kitao.

SBI e Ripple têm sido grandes parceiros até agora

As duas empresas trabalharam em estreita colaboração no passado, com a SBI Holdings como parceira ativa da Ripple por meio de sua joint venture SBI Ripple Asia, que foi formada para promover o uso de XRP nos mercados financeiros asiáticos em 2016.

Em um relatório financeiro divulgado no final de outubro de 2019, a SBI enfatizou a crescente importância da tecnologia da Ripple em sua divisão de remessas SBI Remit, bem como o desenvolvimento das remessas baseadas em xCurrent da Ripple.

No início de abril, Kitao foi nomeado executivo da Ripple Labs, onde "promoverá ainda mais a utilização de blockchain e ativos digitais em instituições financeiras no Japão e na Ásia e se esforçará para desenvolver serviços financeiros com altos benefícios ao cliente".