Jack Dorsey: Square vai ir mais além do que a opção de compra/venda do Bitcoin

Jack Dorsey, CEO do serviço de pagamento sedeado em São Francisco o Square, revelou os planos da empresa para se concentrar no desenvolvimento de opções aumentadas para o uso do Bitcoin (BTC) em uma conferência de terça-feira, 27 de fevereiro com Market Watch.

Dorsey, que também é o CEO do Twitter, discutiu especificamente o Cash App da empresa, que agora permite a todos os usuários comprar e vender o Bitcoin, informando o Market Watch:

"Bitcoin, para nós, não está parando apenas em comprar e vender. Nós acreditamos que esta é uma tecnologia de transformação para nossa indústria, e queremos aprender o mais rápido possível."

De acordo com o relatório da Square de 2017 Q4, também publicado em 27 de fevereiro, a receita líquida total da empresa e as receitas ajustadas aumentaram significativamente em relação ao terceiro trimestre de 2017. Especificamente no que se refere ao uso do Bitcoin na aplicação Cash da Square, o relatório afirma positivamente:

"Além disso, os clientes agora podem comprar e vender o Bitcoin em Cash App. Observamos que esta era uma característica que nossos clientes queriam, e nós apoiamos o Bitcoin porque o consideramos como um passo no caminho de longo prazo para um maior acesso financeiro para todos."

Atualmente disponível em 50 estados dos Estados Unidos, o app Cash permite que seus usuários realizem transações fiat instantâneas, caixas livres e opção instantânea de compra/venda do Bitcoin, que  foi lançado pela primeira vez para uma parte limitada de usuários em novembro de 2017. Em 31 de janeiro, a Square lançou a opção de compra/venda do Bitcoin para quase todos os usuários.

Mais cedo, o Cointelegraph relatou que a J.P. Morgan Chase lançou um relatório anual para 2017 para a Comissão de Valores Mobiliários (SEC) ontem, 27 de fevereiro, na qual a empresa lista as criptomoedas como um "fator de risco" para seus negócios futuros.