Associação bancária italiana avança em testes de sistema interbancário de blockchain alimentado por R3 Corda

A Associação dos Bancos Italianos (ABI) está testando uma solução interbancária de blockchain baseada na plataforma R3’s da plataforma open-source de registro distribuído Corda, a agência de notícias fintech FinExtra noticiou nesta quarta, 13 de fevereiro.

A ABI anunciou que a plataforma foi desenvolvida junto a seus parceiros técnicos — a R3, a empresa japonesa de TI NTT Data e a empresa italiana de TIC Sia. O projeto, batizado de “Spunta”, está sendo testado em 18 bancos italianos, que reúne 78% do setor bancário do país em número de empregados.

Como noticiou a Cointelegraph anteriormente, o sistema bancário baseado em blockchain da ABI passou com sucesso na fase inicial de testes em outubro de 2018, com participação de 14 bancos locais.

De acordo com a associação, o projeto agora entra em fase de pré-produção e será lançado para um grupo controlado para testes iniciais. Na próxima fase, os desenvolvedores irão testar a estabilidade da plataforma ao gerar volumes de transação por um período de um ano.

Ao mesmo tempo, a ABI e seus parceiros estão desenvolvendo uma série de atualizações adicionais que serão testadas pelos bancos piloto, reproduzindo os processos de produção de todo o setor bancário italiano, segundo nota da associação.

O parlamento italiano recentemente deu sequência a um projeto de lei que regula as tecnologias de registro distribuído (distributed ledger technologies - DLT) e blockchain, assim como define critérios técnicos que contratos inteligentes terão de atender para que tenham validade legal. Maria Laura Mantovani, membro do parlamento italiano, disse à Cointelegraph Itália que um ponto a favor da blockchain é sua possível aplicação em votações online.

Em dezembro de 2018, a Itália juntou-se a outros seis países europeus (Malta, França, Chiper, Portugal, Espanha e Grécia) que se comprometeram a promover o uso de DLT na região. Os governos participantes declararam que esta pode ser uma inovação significativa para as economias do sul da União Europeia.

A R3’s Corda é frequentemente utilizada pelas grandes companhias financeiras. Em 2018, por exemplo, a empresa de serviços financeiros e bancários alemã Commerzbank, o banco de investimentos francês Natixis e a empresa de serviços escocesa Rabobank completaram uma transação comercial em papel baseada nesta plataforma blockchain.

Mais recentemente, a companhia de serviços financeiros japonesa SBI Holdings oficialmente anunciou uma parceria integrada com a R3 para expandir seus negócios na Ásia.