Investidores da Overstock reduziram investimento de US$ 404 milhões para US$ 100 milhões

 

Empresa de investimento chinesa GSR Capital e a empresa de capital privado de Singapura a Makara Capital lideram um investimento de até US$ 100 milhões na tZERO, de acordo com um comunicado de imprensa em 1 de março. TZero é uma gigante de varejo dos Estados Unidos empresa subsidiária de criptos da Overstock.

O fundador e CEO da Overstock, Patrick Byrne, revelou que GSR e Makara assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) para fazer o investimento nas ações ordinárias da tZERO em abril. De acordo com Byrne, o investimento apoiará diligência, aprovação regulatória e negociação de contratos vinculantes, além de ajudar na expansão da tZERO na Ásia e em outras regiões.

Tendo primeiro anunciado o investimento em agosto de 2018, inicialmente a GSR Capital pretendia investir até US$ 404 milhões, que incluía US$ 270 milhões para até 18% do patrimônio da tZERO, US$ 30 milhões em Tokens de Segurança tZERO da controladora Overstock e até US$ 104,55 milhões em ações ordinárias da Overstock.

Após um período prolongado de não acordo, Overstock informou que o GSR não fechou sua transação de compra de ações nem entrou em acordos definitivos em 15 de dezembro de 2018. Alegando que a GSR ainda pretende fechar o negócio, a Overstock concedeu à GSR uma extensão para fechar a transação até 28 de fevereiro de 2019.

O recente anúncio segue o lançamento do comércio secundário de tokens tZERO em janeiro. Com o lançamento, os investidores credenciados podem trocar os tokens de segurança por meio de uma conta de corretagem de títulos digitais.

Em janeiro, tZERO registrou uma patente para uma “plataforma de integração de criptomoeda” para negociar ativos digitais, com o objetivo de trazer uma ponte entre sistemas de negociação legados e cripto exchanges.