Indústrias e Blockchain 2017

O primeiro sistema Blockchain - o Bitcoin - teve rendimentos astronômicos de mais de 1.300 por cento em 2017. À medida que avançamos através de 2017, as tecnologias Blockchain tornaram-se difíceis de ignorar e mais membros do mundo corporativo se interessaram pelas tecnologias Blockchain. Em 2017, a NYSE apresentou dois pedidos de ETF de Bitcoin junto à SEC, a CBOE tornou-se o primeiro investidor institucional a lançar um mercado de futuros de Bitcoin e o grupo CME seguiu o exemplo uma semana depois. Mas não são apenas as grandes bolsas que estão interessadas em ganhar musculatura no jogo do Blockchain. Uma infinidade de indústrias têm se interessado em incorporar as tecnologias Blockchain para tornar seus negócios mais economicamente eficientes.

O crescente interesse em torno das tecnologias Blockchain em 2017 levou a CTFC a lançar uma Primer on Virtual Currencies, que reconheceu que as tecnologias Blockchain podem ser usadas por governos, instituições financeiras e por indústrias cruzadas para otimizar as operações diárias através de um sistema Blockchain.

Casos de uso

As tecnologias Blockchain podem ser usadas como reserva de valor, em operações comerciais e de pagamento e para transferir e movimentar dinheiro, tanto nacional quanto internacional, a uma maior velocidade e menor custo do que a instituição financeira ou o intermediário tradicional são capaz de fazer - apenas para dar alguns casos de uso.

As tecnologias Blockchain foram reverenciadas por sua capacidade de redução de custos, aprimoramento de segurança e aumento de velocidade. Um sistema Blockchain é um livro-razão distribuído garantido por uma prova de trabalho/participação criptográfica. Mais especificamente, poderosos computadores quebram algoritmos que criptografam os dados da transação em cada bloco. Quando um computador é capaz de quebrar o algoritmo, um bloco cheio de transações relativamente recentes é adicionado à cadeia, uma cópia atualizado do livro-razão que possui o novo bloco é transmitida para todos os outros nós - qualquer computador conectado à rede - e os nós se atualizam no histórico de transações da rede. Se um livro-razão atualizado for transmitido e a maioria dos nós da rede não estiver de acordo com ele, então o nó não será atualizado para reter essa cópia do livro-razão porque ele não é uma representação verdadeira e honesta dos dados da transação.

Manutenção de registros

Acredita-se que o Blockchain criptograficamente protegido e o consenso do sistema de nó produzam uma cópia mais precisa do livro-razão do que o sistema atual de manutenção de registros centralizado é capaz.

Em Blockchain: uma solução emergente para prevenção de fraudes, Jun Dai, cientista de informática da California State University Sacramento argumenta que "alterar ou excluir informações nos sistemas de contabilidade das empresas, alterar documentos eletrônicos e criar arquivos eletrônicos fraudulentos foram os principais métodos para ocultar fraudes".

Em setores como a contabilidade, onde os humanos manipulam e gerenciam tarefas como a verificação de registros e a confirmação da veracidade das transações, é possível que o erro humano ou indivíduos com incentivos menos nobres manipulem registros ou criem registros fraudulentos que não sejam uma representação precisa do histórico de transações.

É por isso que as indústrias que vivem de manutenção de registros, como a indústria da contabilidade, foram atraídas para as tecnologias Blockchain; a rede Blockchain é protegida por criptografia e verificada por uma rede de computadores - não por trabalhadores humanos. Devido a isso, as tecnologias Blockchain permitem que um registro quase inviolável seja criado e permite que indivíduos transacionem de igual para igual sem ter que confiar em um terceiro para liberar suas transações com fé.

As tecnologias Blockchain permitem que as operações comerciais ocorram sem o uso de um intermediário - algo que não era viável antes da invenção das tecnologias Blockchain, a menos que os indivíduos fizessem negócios em dinheiro vivo; mas mesmo o dinheiro está se tornando ineficiente de se gerenciar e negociar. É desnecessariamente custoso operar uma empresa, instituição financeira ou intermediário financeiro onde humanos estão fazendo trabalhos que os computadores são capazes de lidar de forma mais rápida, eficiente e com menos erro do que os seres humanos.  

Quando os trabalhadores humanos realizam tarefas operacionais para as empresas, o negócio deve pagar os custos associados à propriedade ou aluguel de infraestrutura, eletricidade, gás e a despesa de água concorrentes com a infraestrutura operacional, salários dos funcionários, papel para impressoras etc. Se os intermediários pudessem investir ou economizar o dinheiro que têm para colocar para operar ou pagar por um serviço que pode ser automatizado por computadores, é possível que uma empresa se torne economicamente mais eficiente.

Um sistema protegido por criptografia que só precisa se conectar à rede Blockchain para operar pode efetivamente diminuir alguns dos custos associados à execução de um negócio. As tecnologias Blockchain são capazes de reduzir a quantidade necessária de trabalhadores humanos, reduzindo os custos salariais, eliminando a necessidade de uma empresa possuir/alugar e operar uma infraestrutura e tornar o registro de dados mantido pelo negócio menos suscetíveis a fraudes e manipulações.

Mas o Blockchain não só permite que negócios operem em um sistema mais eficiênte, econômico e seguro; em 2017 começamos a ver as tecnologias Blockchain mudar o modo como os negócios levantam capital.  

Captação de recursos

Uma ICO - Oferta Inicial de Moeda - é um método de financiamento coletivo (crowdfunding) que uma empresa pode usar para arrecadar capital vendendo o direito de propriedade ou royalties de um projeto para os investidores. As ICOs são muitas vezes comparadas às IPOs - Ofertas Públicas Iniciais - em que as empresas levantam capital vendendo ações de propriedade da empresa aos investidores. Porém, é muito mais fácil para uma empresa lançar uma ICO que uma IPO. Isso faz da ICO uma opção atrativa para startups que procuram levantar voo e dá à tecnologia Blockchain a capacidade de mudar o processo de angariação de capital.

Para lançar uma ICO, tudo o que uma empresa precisa fazer é levar o projeto a um respeitável ponto de controle tecnológico, publicar um livro branco e anunciar a data em que planeja realizar a venda de token. Não é necessária nenhuma subscrição ou aprovação do governo, em comparação com uma IPO, na qual um banco de investimento subscreve um negócio, depois o apresenta junto à SEC e após isso é preciso esperar que a SEC avalie seus negócios antes que que ela (SEC) finalmente anuncie uma data de IPO para a empresa.

Revolução digital, era da Internet

Semelhante à idéia de que os escritórios tiveram de não usar mais papel para se tornarem mais eficientes, cortar custos e entrar de cabeça no futuro, alinhando-se com a revolução digital, as empresas e os governos crescem o olho sobre as tecnologias Blockchain porque elas parecem estar levando o mundo corporativo para o futuro digitalizado.

A eficiência econômica, o aumento da velocidade de transação e os recursos criptograficamente seguros da tecnologia Blockchain a tornam uma atualização atrativa para as empresas que incorrem em um alto custo de processos operacionais que uma máquina automatizada pode gerenciar de forma mais eficiente.

Oportunidades Blockchain para indústrias

2017 foi o primeiro ano em que as tecnologias Blockchain inundaram o público mainstream de verdade. Antes disso, apenas a comunidade cripto estava preocupada com as tecnologias Blockchain. E, ao contrário do público comum, a comunidade cripto valorizava essas tecnologias mais por sua utilidade do que por seu aspecto especulativo. Não obstante, as tecnologias Blockchain deram uma primeira impressão positiva na grande mídia em 2017. Com ampla adoção por empresas interessadas e capazes de usar as tecnologias Blockchain para otimizar suas operações, e tanto o investidor de varejo como o investidor institucional atraídos pelo retorno do investimento das tecnologias Blockchain, é seguro dizer que as tecnologias Blockchain estão aqui para ficar em 2018.


Siga-nos no Facebook