Parlamento indiano não vai considerar proibição total de critptomoedas na sessão de inverno

O governo indiano não vai debater um projeto de lei relacionado a criptomoedas durante a sessão de inverno do Parlamento, como havia sido planejado anteriormente. O projeto de lei intitulado "Proibição de criptomoeda e regulamentação de moedas digitais oficiais" não está incluído na agenda da sessão no parlamento da Índia, Lok Sabha, em 14 de novembro.

Em agosto de 2019, o governo indiano declarou que o projeto de lei seria apresentado ao Parlamento na sessão de inverno, que ocorre entre 18 de novembro e 13 de dezembro.

Projeto de lei sugere uma proibição completa de criptomoedas

Como noticiado pelo Cointelegraph, o projeto de lei pretende não apenas impor uma proibição completa do uso de criptos na Índia, mas também introduzir uma "Rúpia Digital" emitida pelo banco central do país, o Banco Central da Índia.

No entanto, o projeto de lei proposto não se aplica à tecnologia subjacente de blockchain do Bitcoin (BTC), assim como outras tecnologias relacionadas associadas ao desenvolvimento da tecnologia, incluindo aplicativos financeiros baseados em blockchain.

Comunidade cripto na Índia aliviada pelo adiamento

Sohail Merchant, CEO da exchange de criptomoedas indiana Pocketbits, considerou a notícia do adiamento um alívio, enfatizando que a comunidade agora tem mais tempo para debater e proteger a indústria. Ele tuitou:

“O projeto de lei para a proibição de criptomoedas não está na Agenda para a Sessão de Inverno do Parlamento. Alívio por enquanto, com mais esse tempo para se reunir e apresentar nosso caso aos reguladores. Esqueça a competição / ego e vamos unir nossos pensamentos com uma única voz. ”

Betty, CEO da exchange cripto Wazirx, disse que o adiamento é boa notícia para o ecossistema cripto na Índia, sugerindo que o governo terá tempo para reavaliar a proibição:

“Bom ver que o governo indiano não tem pressa para este tema. Eles estão nos escutando.”

A potencial proibição das criptomoedas na Índia tem sido criticada pelos investidores da indústria. No fim de outubro, o bilionário investidor de risco Tim Draper pediu ao primeiro ministro Narendra Modi para reconsiderar a posição hostil do país com relaçãoo às criptos. O famoso entusiasta do Bitcoin disse que a Índia estava ficando mais vulnerável à corrupção a partir da proibição cripto.

Hoje mais cedo, o Cointelegraph noticiou que a Índia é um dos países do BRICS, assim como o Brasil, que estudam adotar uma nova criptomoeda em comum para facilitar os pagamentos entre os países membros.