Índia: consórcio bancário blockchain visa melhorias no financiamento de pequenas empresas

Bancos na Índia estão em uma colaboração em uma nova plataforma de blockchain para remover obstáculos de financiamento para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), informou o Economic Times no dia 28 de janeiro.

Um total de onze bancos - incluindo o segundo maior banco de crédito Kotak Mahindra Bank, o Banco do Estado da Índia e o Banco ICICI - já se reuniram para discutir a implementação de uma plataforma que tornará mais fácil para empresas com menor volume de negócios arrecadar fundos de forma transparente.

O movimento está sendo organizado sob um consórcio chamado de "Empresa de Infraestrutura Blockchain".

"A penetração de crédito é baixa para o setor [de MPME], no qual se acredita que o tamanho do financiamento seja entre 10 lakh de rupia (cerca de US$ 14.000) e 1 crore de rúpia (cerca de US$ 140.000)", disse em uma conferência na semana passada Viral Acharya, vice-presidente do banco central do país, o Reserve Bank of India (RBI).

A Índia tem procurado expandir o uso da tecnologia blockchain em todo o estado ao longo dos últimos anos, uma vez que persiste em uma linha inversamente hostil contra a criptomoeda.

Em junho de 2018, o governo anunciou que planejava lançar um projeto blockchain chamado IndiaChain, que aparentemente permitiria que entidades privadas e estatais construíssem ferramentas, como aplicativos de pagamentos, mantendo o controle de grandes quantidades de dados.

Poucas informações adicionais foram divulgadas, enquanto as criptomoedas continuam a definhar em uma área cinzenta, enquanto os esforços de regulamentação sofrem com diversos atrasos.

Em resposta à proibição do RBI em atender empresas de criptomoeda em julho passado, o Kotak Mahindra Bank recentemente foi mais longe que alguns outros, supostamente impedindo que correntistas privados negociassem com criptomoeda, informou a Cointelegraph.

Vários dias depois surgiu um relatório semelhante, envolvendo o primeiro banco digital da Índia, o Digibank.