"Não estou comprando nada", diz CEO da Tron em meio a relatos de aquisição da Poloniex

O fundador e CEO da Tron (TRX), Justin Sun, supostamente refutou relatos recentes que sugerem que ele é o líder de um grupo de investimentos por trás da aquisição da exchange de criptomoedas Poloniex.

Em um “tuíte” publicado em 19 de outubro, Sun afirmou que "não está comprando nada", observando que ele é um investidor e divulgando alguns de seus criptoativos:

“Invisto apenas um pouco e ajudo meus amigos. Na verdade, tenho um saco enorme de $BNB, $HT, $OKB etc. e apostei em todas as exchanges que suportam $TRX e $BTT.”

Como o Cointelegraph relatou em 18 de outubro, a exchange de criptomoedas Poloniex, com sede nos Estados Unidos, está saindo da empresa global de serviços financeiros Circle para se tornar parte de uma nova plataforma de negociação que não dará suporte a clientes localizados nos EUA.

A Polo Digital Assets, a nova empresa por trás da Poloniex, é apoiada por um grupo de investimento asiático não identificado, de acordo com uma postagem no blog oficial.

Sun adquiriu a Poloniex?

Em 18 de outubro, o jornal The Block também relatou que Sun está supostamente envolvido com o grupo de investimentos asiático mencionado acima, de acordo com fontes anônimas da Circle.

De acordo com o artigo, Sun lidera o consórcio de investimentos e compareceu pessoalmente à sede da Circle. Os funcionários da Poloniex também foram questionados se preferem ficar na Circle ou ir para a Polo Digital Assets.

Em 26 de setembro, Sun anunciou que "muito em breve" vai remarcar seu almoço de caridade com Warren Buffett, presidente da Berkshire Hathaway e bilionário.