IBM revela mais duas patentes blockchain para segurança e gerenciamento de banco de dados

A gigante multinacional de computação IBM aumenta ainda mais sua pilha de patentes blockchain com dois novos requerimentos, confirmou o Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos em documentos publicados em 5 de março.

De acordo com um documento de patente, a IBM agora procura atingir a segurança de rede usando a tecnologia blockchain. Uma segunda patente se concentra no gerenciamento de banco de dados usando a tecnologia.

“A segurança de um registro de dados usando protocolos de segurança de monitor pode ser realizada com diferentes níveis de segurança, desde baixa segurança até alta segurança, e tem várias combinações de configurações de hardware e software”, explica a descrição da primeira patente blockchain:

“A baixa segurança pode permitir o acesso aberto aos logs de eventos, enquanto a alta segurança pode restringir significativamente o acesso aos logs de eventos. Proteger o sistema monitorado de hackers que tenham acesso para alterar os logs de eventos pode exigir um novo tipo de configuração de segurança.”

Para a segunda patente, a IBM diz que os chamados sistemas de gerenciamento de bancos de dados (SGBDs) são atualmente ineficientes devido a seu volume e podem, portanto, se beneficiar das soluções de racionalização que a blockchain tende a oferecer.

“Os SGBDs são tipicamente configurados para separar o processo de armazenar dados de acessar, manipular ou usar dados armazenados em um banco de dados”, resume o documento de patente, continuando:

“Os SGBDs geralmente exigem recursos extraordinários para lidar com as pesadas cargas de trabalho colocadas em tais sistemas. Como tal, pode ser útil gerenciar um SGBD usando um banco de dados blockchain.”

Como reportado pelo Cointelegraph, a IBM lançou mão de várias ofertas de blockchain corporativo ao longo dos últimos anos, principalmente sob o projeto IBM Blockchain.

A corrida para obter patentes envolvendo a tecnologia mostra a empresa brigando pela supremacia neste terreno com o Bank of America nos Estados Unidos, que já acumulava uma montanha de mais de 50 patentes em outubro do ano passado.

Nesta semana a IBM também revelou sua ferramenta de testes de segurança que visa identificar os links fracos nas implantações de blockchain da empresa.