Huobi informa aumento de 100% nos volumes de negociação em 2018 em relação a 2017

A importante exchange cripto global Huobi anunciou um crescimento de 100% no volume de negócios em 2018 em relação a 2017, de acordo com um comunicado de imprensa compartilhado com a Cointelegraph em 7 de fevereiro.

A empresa sediada em Cingapura expandiu sua equipe de 400 funcionários no início de 2018 para mais de 1.300 pessoas até o momento em 2019, com 15 escritórios em 12 países e regiões, como o CEO da Huobi, Leon Li, disse à Cointelegraph.

A mesa de operações de mercado de balcão (over-the-counterOTC) da Huobi já se tornou uma das plataformas de balcão mais negociadas no mundo, enquanto o recém-lançado serviço Huobi Cloud já conseguiu mais de 100 parcerias ao longo de seis meses.

Lançado em julho de 2018, o Huobi Cloud é uma plataforma que permite que os usuários criem seus próprios serviços de ativos digitais, principalmente para estabelecer trocas de ativos digitais OTC.

A empresa também observou seu progresso nos principais mercados da Huobi, como Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul. Através de seu parceiro estratégico dos EUA, que foi rebatizado de HBUS para Huobi.com, a exchange obteve uma licença da MSS (Money Services Business) da Financial Crimes Enforcement Network. A empresa lançou serviços de negociação fiduciário-para-cripto em 5 de fevereiro.

No Japão, a Huobi obteve uma das primeiras 17 licenças de cripto já emitidas por meio de sua fusão com a BitTrade, que foi relançada em janeiro deste ano. A exchange cripto também adquiriu uma licença da tecnologia de Distributed Ledger (DLT) de Gibraltar para prover uma negociação de ativos blockchain compatível na Europa.

Em dezembro, a agência de notícias de Hong Kong South China Morning Post (SCMP) informou que a Huobi confirmava seus planos de demitir funcionários em meio à crise do mercado de cripto em 2018. No entanto, a empresa afirmou que continuará a contratar pessoal para seu core business e mercados emergentes.