Smartphone em blockchain Exodus da HTC fecha parceria com navegador Opera e adota DApps

smartphone centrado em blockchain Exodus, desenvolvido pela gigante de eletrônicos HTC, anunciou parceria com o navegador Opera e a adição do suporte a múltiplos DApps. A notícia foi revelada em uma série de tweets em 26 de fevereiro, na conta oficial da empresa no Twitter.

A empresa anunciou suporte para Etheremon e Decentraland DApps no armazenamento frio integrado ZIONVault. Além disso, de acordo com notícia da Verge, o smartphone agora suporta um DApp taiwanês chamado Numbers.

O Numbers foi desenvolvido para rastrear dados dos usuários e permitir vendê-los a terceiros por criptomoedas, enquanto mantém controle sobre os dados compartilhados e transparência com as empresas interessadas nos dados.

A compatibilidade anterior do telefone relacionada a blockchain incluía suporte a carteira cripto e para o DApp CryptoKitties.

A introdução do navegador Opera no Exodus, além disso, permite aos usuários acessar a carteira cripto integrada do navegador para fazer pagamentos e micropagamentos nos sites que têm suporte a eles. A Verge diz que o Exodus atualmente só suporta pagamentos em Ethereum (ETH), mas tem planos de introduzir Bitcoin (BTC) e Litecoin (LTC) em breve.

Phil Chen, diretor descentralizado da HTC, disse à Verge que:

“Agora você pode pagar uma quantia comoe 0.00002 ETH [Equivalente a cerca de US$0.0027]. E nunca na história dos micropagamentos isso fez sentido. Haveria uma taxa de transação ou você teria que compartilhar a receita com a app store.”

Chen também declarou no artigo que o próximo passo para a empresa é fazer com que cada telefone seja o que ele define como "nó parcial" de uma blockchain, para facilitar a negociação entre proprietários de dispositivos.

A Verge também noticiou que em março a Exodus estará disponível para compra em moedas fiat, mas por enquanto a empresa ainda só aceita criptos.

Como o Cointelegraph noticiou no começo de fevereiro, a versão Android do grande navegador Opera agora tem uma função integrada que permite aos seus usuários a comprar Ethereum pelo navegador.

Também recentemente, notícias deram conta de que o novo smartphone da Samsung, o Galaxy S10, irá incluir armazenamento para chaves privadas de criptomoedas.