Banco HSBC anuncia demissão de 10 mil funcionários em sistema de reestruturação frente a ‘nova economia’

O Banco HSBC, um dos principais bancos do mundo, anunciou que pode demitir até 10 mil pessoas em todo o mundo, segundo noticiou o portal Bitcoin News, em 07 de outubro.

As demissões podem ocorrer em todo o mundo mas devem ser concentradas na Europa, um dos principais locais de atuação do banco.

Recentemente o HSBC já havia demitido mais de 4700 funcionários, quase 2% de toda a sua equipe global, fato ocorrido junto com a saída repentina do então CEO da empresa.

Segundo fontes, o Banco vem reduzindo a equipe por conta da desaceleração nas receitas da instituição na medida em que avançam fintechs e startups com novas opções de investimento, custódia e pagamento.

Embora ainda represente uma parcela pequena, as criptomoedas também vem sendo vistas como alternativa ao sistema bancário tradicional.

"Sabemos há anos que precisamos fazer algo sobre nossa base de custos, cujo maior componente são as pessoas - agora estamos finalmente agarrando a urtiga", disse um membro não identificado do HSBC ao Financial Times .

“Há algumas modelagens muito difíceis acontecendo. Estamos perguntando por que temos tantas pessoas na Europa quando recebemos retornos de dois dígitos em partes da Ásia. ”

Como noticiou o Cointelegraph, em busca de se adaptar a digitalização da economia e o uso de blockchain, o HSBC concluiu a primeira transação de carta de crédito.