Empreendedor de Hong Kong famoso por "fazer chover dinheiro" é preso por fraude em mineração de criptomoedas

Um milionário do Bitcoin (BTC), envolvido no episódio em que "chovia dinheiro" nas ruas de Hong Kong, foi preso por fraude relacionada à mineração, informou o South China Morning Post nesta quinta-feira, 28 de fevereiro.

O empresário de 25 anos Wong Ching-kit e seu colega de 20 anos foram presos por agentes do Departamento de Crimes Comerciais em seu escritório em Hong Kong. Eles foram detidos por fraudar investidores com a venda de máquinas de mineração de criptomoedas. Detalhes sobre como ou por que as vendas relacionadas à mineração foram consideradas fraudulentas não foram divulgados.

Como noticiado em janeiro pelo Cointelegraph, Wong foi acusado de enganar inúmeros investidores na compra de equipamentos de mineração para um token apelidado de “Filecoin”, prometendo lucros aos clientes dentro de três meses.

No entanto, de acordo com os investidores, a moeda não era negociável. Como o SMCP relatou, o Partido Democrata, que está ajudando os afetados pela fraude, disse que recebeu mais de 20 queixas desde outubro de 2018. O valor total das perdas foi de aproximadamente HK$ 3 milhões (US$ 383.000). Alguns investidores exigiam o reembolso total dos seus fundos.

Após inúmeras queixas, a polícia prometeu iniciar uma investigação sobre as atividades de Wong, que incluíam suspeitas de lavagem de dinheiro. O empresário negou as acusações, afirmando que estava sendo tratado como se fosse um assassino em vez de vender máquinas de mineração.

Wong participou do golpe publicitário no pobre distrito de Sham Shui Po, em Hong Kong, em dezembro de 2018. O empreendedor apareceu em um vídeo postado na página de sua empresa no Facebook, a Epoch, perguntando se alguém acreditava que dinheiro poderia cair do céu. No episódio, pilhas de cédulas totalizando HK$ 6.000 (US$ 764) foram lançadas de um telhado próximo.

Após o incidente, Wong foi preso por suspeita de conduta desordeira em público e depois liberto sob o pagamento de fiança.