Hedera Hashgraph lança mainnet beta aberta e distribuição de tokens

A plataforma de ledger distribuído de nível empresarial Hedera Hashgraph anunciou o lançamento público do Open Access (OA, acesso aberto) à sua versão beta da mainnet. 

De acordo com uma postagem no blog da Hedera publicada em 16 de setembro, durante o período de OA, qualquer pessoa do público em geral pode criar uma conta enquanto os desenvolvedores podem começar a criar aplicativos descentralizados, também conhecidos como DApps, na plataforma. A postagem prossegue:

“Com centenas de desenvolvedores já construindo na rede nos últimos meses durante o beta fechado, a rede principal da Hedera é lançada com 26 DApps e soluções agora que já estão em operação. [...] Com o Open Access, a rede Hedera Hashgraph oferece três serviços: 1) Criptomoeda, acelerada para 10.000 transações por segundo, 2) Contrato Inteligente e 3) Serviço de Arquivo. Atualmente, as ofertas inteligentes de serviços de arquivos e contratos da Hedera são limitadas a 10 transações por segundo."

Aceleração metódica

De acordo com o anúncio, a Hedera planeja aumentar a velocidade da rede metodicamente ao longo do restante de 2019. Ao mesmo tempo, o recém-anunciado Hedera Consensus Service estará disponível ao público ainda este ano.

Com o início do período de OA, a tesouraria da Hedera também deve começar a distribuir os tokens HBAR nativos da plataforma, de acordo com o whitepaper econômico. O documento explica:

“Menos de 8% da oferta total de HBAR deve circular antes do final de 2019 e menos de 34% deverá circular nos primeiros cinco anos após o lançamento da rede. Esse cronograma de lançamento é um dos mecanismos que garantirão que nenhum invasor possa bagunçar a rede. Também garantirá que o preço do HBAR seja determinado principalmente pelas forças do mercado, e não pelo Conselho da Hedera.”

Plano de distribuição de 15 anos

O whitepaper observa que os investidores que participaram das três rodadas de venda coletiva de US$ 124 milhões da Hedera de março de 2018 a agosto de 2018 serão os primeiros a receber HBARs - no total, mais de 379 milhões de tokens. Outros 1,95 milhão de tokens serão destinados a consultores, fornecedores e outros participantes. 

O conselho de governo da rede planeja liberar o fornecimento total de 50 bilhões de HBARs nos próximos 15 anos.

Inicialmente, 14 exchanges de criptomoedas e mesas de balcão anunciaram seus planos de listar os tokens HBAR da Hedera para negociação: AlgoZ, BitOoda, Bering Waters, Bittrex, Carbon, Galaxy Digital, Galois, GSR, Liquid, OkCoin, OKEx, OSL, Upbit e xFutures.

Conselho de governo descentralizado

De acordo com o site oficial  da plataforma, o conselho de administração da Hedera é composto pelas principais organizações mundiais, como a gigante de aeronaves Boeing, o colosso da tecnologia IBM, a holding financeira japonesa Nomura Holdings, a empresa de telecomunicação indiana Tata Communications, a companhia de serviços financeiros FIS Global e outras.

No conselho da Hedera, cada membro executa seu próprio node via hashgraph - um algoritmo patenteado que afirma fornecer benefícios básicos da blockchain, como descentralização e segurança, sem grandes desvantagens associadas à blockchain, como a baixa escalabilidade. 

Como o Cointelegraph informou em 11 de setembro, a exchange OKEx se tornou a mais recente a anunciar a listagem do token HBAR da Hedera Hashgraph em sua plataforma. 

Em 30 de agosto, o grande fabricante aeroespacial global Boeing supostamente se juntou ao conselho presidencial da Hedera Hashgraph.