Hashrate do Litecoin perde 60% do seu poder computacional após halving realizado em agosto

Um dos primeiros e mais importantes projetos de criptomoedas, o Litecoin tem passado por dificuldades para manter seu poder computacional e, segundo dados do Bit Info Charts, a taxa de hash do LTC caiu mais de 60% desde agosto de 2019.

A data é emblemática para o projeto, poir marca o acontecimento do último halving envolvendo a criptomoeda. Halving é a redução na recompensa dos mineradores - o Bitcoin, por exemplo, tem halving a cada quatro anos, e o próximo será em 2020.

Já a taxa de hash de um projeto é proporcional à segurança da rede que a blockchain apresenta. Quanto mais poder computacional é dedicado à manter a blockchain de um projeto, mais seguro contra ataques esta rede fica.

Três meses após a redução da recompensa de mineração do Litecoin, em agosto, a taxa de hash do ativo digital continua caindo, com a lucratividade da mineração atingindo valores mínimos históricos. 

Esses números são uma continuação da tendência de queda observada na atividade de mineração de Litecoin desde julho.

Esse declínio da taxa de hash sugere um esfriamento significativo do interesse dos mineradores na sexta maior criptomoeda do mundo por capitalização de mercado.

Os mineradores de Litecoin estão saindo da rede, o que significa menor potencial de computação gasto com o projeto.

Um declínio na taxa de hash de tais proporções sinaliza um risco de segurança alarmante para a própria rede. Os números decrescentes da taxa de hash correspondem a uma menor participação dos mineradores na rede, o que compromete a segurança da prova de trabalho (ou PoW, de "proof-of-work") da blockchain.

Os analistas geralmente identificam as reduções na recompensa de mineração (halvings) como gatilhos para aumentar o valor de mercado de uma criptomoeda que usa PoW como mecanismo de consenso. 

No entanto, os mineradores da Litecoin parecem não estar compartilhando esse entusiasmo, o que significa que provavelmente estão desviando seus recursos para minerar outras criptomoedas mais valiosas. 

De acordo com o Bit Info Charts, a lucratividade da mineração do Litecoin está no nível mais baixo de todos os tempos.

O Litecoin liderou o caminho entre as dez principais altcoins no início do ano. Seu preço chegou a US$ 140, mas desde então o preço do ativo digital caiu cerca de 60%, para aproximadamente US$ 57.

Conforme mostrou o Cointelegraph, o ativo digital completou oito anos este mês e seu fundador Charlie Lee afirmou que o projeto está longe da falência.