Hackathons popularizam-se no Brasil e servem de laboratório de inovação para empresas

Uma tendência da inovação digital, os hackathons estão se popularizando no Brasil e servindo de laboratório para empresas descobrirem aplicações de uso de novas tecnologias. A notícia é do Época Negócios.

Segundo a matéria, o fundador da empresa especializada em hackathons Shawee, Rodrigo Terron, diz que os hackatons já servem para as empresas encontrarem soluções para aplicação de tecnologias digitais em seu trabalho:

"Uma empresa pode fazer um hackaton para descobrir como aplicar a blockchain nos seus negócios, por exemplo."

Além disso, com grande número de candidatos e candidatos testados de forma rápida e simultânea, os hackatons também permitem às marcas apresentar suas tecnologias e descobrir novos casos de uso através de novos talentos.

A Shawee já organizou hackathons com Banco Original, Uber, Itáu e IBM. A empresa, que possui 30 mil usuários em sua plataforma, que oferece notas e feedbacks de juízes em hackathons, agora planeja sua internacionalização, com mais de 30 eventos realizados fora do Brasil.

Como noticiou o Cointelegraph Brasil, o Porto de Santos está promovendo um hackathon com participação de um especialista blockchain nas equipes.