Alemanha ganha fundo imobiliário blockchain da gestora de investimentos Peakside

A gestora de investimentos europeia Peakside Capital Advisors lançou um fundo imobiliário para o mercado alemão usando tecnologia blockchain, conforme a empresa confirmou em um press release de 12 de junho.

O fundo, que é focado em ativos entre €15 e €75 million (US$ 17-US$ 85 milhões), é resultado da parceria com a plataforma de tecnologia de financiamento como serviço (funds-as-a-service) alemã Brickblock.

A Bricklock é operadora da ScalingFunds, uma plataforma de gestão de investimentos que roda em blockchain. A startup tokenizou sua primeira propriedade em março deste ano, como noticiado pelo Cointelegraph Deutsche.

No comunicado de hoje, Stefan Aumann, sócio fundador da Peakside, comentou que eles estão "buscando usar os avanços da tecnologia digital para aumentar a liquidez e a 'transferabilidade' no setor de financiamento imobiliário, assim como aumentar nosa base de investidores”.

Aumann completou:

“Agora podemos oferecer nossos produtos de investimento de qualidade institucional com base de investimento mínimo menor para investidores qualificados que, caso contrário, não teriam a oportunidade de investir conosco. Além disso, acreditamos firmemente que a tecnologia blockchain subjacente oferece mais segurança ao investidor.”

O uso de blockchain no Peakside Income Fund 1 gira em torno da gravação de ações de fundos. As informações das ações também serão armazenadas off-line com a SANNE, um provedor global de ativos alternativos e serviço de administração corporativa.

O fundo planeja levantar um total de €200 million (US$ 226,6 milhões) em equidade.

“A capacidade de negociar ações de fundos quase que instantaneamente cria um novo segmento entre os fundos abertos e fechados ”, acrescentou o CEO da Brickblock, Jakob Drzazga.

O acordo marca mais uma iniciativa emergente na Alemanha nos meses recentes, quando tanto empresas quanto o governo têm absorvido rapidamente seu potencial em vários setores do mercado.

A rede nacional de telecomunicações do país, Deutsche Telekom, anunciou mês passado que estava desenvolvimento a implementação de Internet das Coisas com o Fetch.ai, um projeto listado na exchange Binance.