AMF colocou em sua lista negra quatro sites relacionados a criptomoedas.

O órgão regulador do mercado de ações francês, o Financial Markets Regulator (AMF), colocou na lista negra quatro sites relacionados a criptomoedas para ofertas de investimento não autorizadas, de acordo com um comunicado oficial publicado na sexta-feira, 14 de dezembro.

O anúncio da AMF indica nove empresas que supostamente operam sem a necessária aprovação regulatória, incluindo quatro empresas relacionadas à criptos.

No anúncio, o regulador do mercado de ações alerta os investidores sobre o crescente número de projetos de investimento não registrados, alegando que “novos atores não autorizados aparecem regularmente”.

A lista negra recente inclui esses sites relacionados a criptomoedas, como iminage.com, elos-patrimoine.com, infoconso.info e live-crypto.com.net. A Elos-patrimoine afirma oferecer investimentos de criptomoedas “sem riscos”, prometendo “suporte profissional” impulsionado por uma “longa experiência em todas as áreas de investimento”. Apresentando-se como “gerente de patrimônio europeu por 15 anos”, o Elos-patrimoine pretendia garantir retornos mínimos mensais de 3-5%.

Os outros sites na lista negra da AMF incluíam quatro empresas relacionadas à indústria do vinho, e um site que oferece investimentos em diamantes.

A AMF é uma instituição pública independente que é responsável por proteger os investidores e manter os mercados financeiros em ordem. No final de novembro, a AMF participou de uma iniciativa conjunta com o banco central da França para alertar o público sobre os riscos associados à natureza “especulativa” dos ativos de criptos.

No início de novembro, a AMF divulgou um relatório alegando que a indústria de oferta inicial de moeda (ICO) no país representa uma pequena parte do mercado global da ICO. De acordo com o estudo, o mercado global da ICO acumulou 19,4 bilhões de euros (21,8 bilhões de dólares) desde 2014, onde a França respondeu por 89 milhões de euros (100 milhões de dólares) arrecadados em 15 projetos da ICO.