Reportagem aponta que França 'pode não autorizar' o desenvolvimento do Libra do Facebook na Europa

A França planeja obstruir o desenvolvimento do Libra - a rede de pagamentos stablecoin proposta pelo Facebook - na Europa.

O ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, disse que o país não pode permitir o lançamento da criptomoeda proposta pelo Facebook na Europa porque a "soberania monetária dos estados está em jogo", informou a CNBC em 12 de setembro.

O relatório observa a postura aparentemente resoluta de Le Maire - proferida na abertura do Fórum Global de Políticas de Blockchain da OCDE de 2019 em Paris - da seguinte forma:

“Todas essas preocupações com o Libra são sérias. Então, eu quero dizer isso com muita clareza, quero ser absolutamente claro: nessas condições, não podemos autorizar o desenvolvimento do Libra em solo europeu.”

A stablecoin do Facebook é um "atributo da soberania dos Estados"

Em junho, Le Maire havia dito que pediria ao Facebook garantias de que o Libra não seria explorável por atividades ilícitas, como financiamento ao terrorismo.

Ele também argumentou que a stablecoin da gigante da tecnologia era um "atributo da soberania dos Estados" e, portanto, "deveria permanecer nas mãos dos Estados e não de empresas privadas que respondem a interesses privados".

Paralelamente, os parlamentares norte-americanos expressaram suas "preocupações [...] persistentes em permitir que uma grande empresa de tecnologia crie uma moeda global alternativa controlada e privada".