Ex-jogador da seleção brasileira, Roberto Carlos promove criptomoeda de cassino

Um dos maiores laterais esquerdos da história do futebol, o ex-jogador Roberto Carlos surgiu nesta semana como embaixador de uma nova criptomoeda dedicada a cassinos, o token LUCK, da empresa de apostas e cassino online LUCKY.io. A notícia é do site Games Magazine Brasil.

O ex-jogador da seleção brasileira esteve em Malta para o lançamento da criptomoeda e para ações de marketing junto à empresa, que também atua no setor de apostas online. O pentacampeão ainda visitou uma instituição de caridade, doando US$ 2.000 em parceria com a LUCKY.io, que tem sede no país.

A nova criptomoeda pode ser usada para apostas na plataforma LUCKY.io, garantindo "uma maneira rápida e segura de jogar com este cassino online baseado em blockchain", diz o texto.

O pentacampeão do mundo fala sobre a iniciativa:

"Os jogos blockchain são uma nova área fascinante, com o poder de levar entretenimento a milhões de pessoas em todo o mundo. Mal posso esperar para começar a ajudar a equipe."

Outros jogadores com passagens pela seleção brasileira já promoveram criptomoedas ao redor do mundo. Em um caso recente, o lateral Cafu participou como embaixador que revelou-se posteriormente ser uma pirâmide financeira.