Ex-executivo da CFTC e defensor das criptos, Bart Chilton morre aos 58 anos

Bart Chilton, ex-executivo da Commodity Futures Trading Commission (CFTC) dos EUA e conhecido defensor das criptomoedas, morreu aos 58 anos depois de uma doença súbita. O canal de TV RT America deu a notícia no último dia 27 de abril.

Ex-membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos entre 1985 e 1995, Chilton atuou no Comitê Consultivo para Energia e Meio Ambiente da CFTC e no Comitê Consultivo para Mercados Globais de 2007 a 2014.

Depois da CFTC, Chilton se juntou ao escritório de advocacia DLA Piper como conselheiro senior de questões regulatórias e de políticas públicas. O ex-comissário da CFTC também era conhecido por apresentar o show financeiro da RT "Boom Bust".

Como autor, escritor financeiro e político, Chilton muitas vezes expressou sua posição sobre a indústria de criptomoedas e blockchain. Em 2017, Chilton apoiou a principal cripto, o Bitcoin (BTC), alegando que “não é uma farsa ou uma fraude”, já que as pessoas “estão realmente usando Bitcoins para comprar coisas”. Ele disse:

"Eu acho que é sustentável, eu não sei se é sustentável a esses preços, [...] as pessoas estão dispostas a pagar por isso e se eles estão dispostos a pagar por isso, há uma demanda."

Chilton também era um defensor ativo da adoção de uma regulação para as criptomoedas, afirmando que a alta volatilidade do Bitcoin no final de 2017 era um sinal de que a regulamentação é o que o BTC realmente precisava.

Em janeiro de 2019, Chilton escreveu um artigo para a Forbes intitulado “O bom, o mau e o feio das criptos de 2019”, que detalha um paralelo entre a indústria de criptomoedas e o filme de Clint Eastwood dos anos 60. No texto, Chilton expressou a esperança de que as criptomoedas abrirão caminho para mais liberdade financeira para a população.

Em março de 2019, Chilton apresentou suas ideias sobre vários casos e potenciais de uso da blockchain - comparando-o ao bambu - em um vídeo da Blockchain Week de Hong Kong chamado “Blockchain Dreamers and the Properties of Bamboo.”

Anteriormente, em outubro de 2018, Chilton participou de uma entrevista do Boom Bust apelidada de “Banks Warming Up to Blockchain?”, onde afirmou que os bancos querem ficar longe dos registros públicos porque “eles estão tentando manter o controle do sistema financeiro.”