Cinco bancos canadenses implementam sistema de chaves seguras blockchain para identificar usuários

Cinco bancos canadenses vão implementar um sistema de identificação de usuários baseado em blockchain desenvolvido pela startup de tecnolgoia SecureKey Technologies, conforme a Bloomberg noticiou neste primeiro de maio.

Segundo a reportagem, o sistema de identificação digital Verified.Me agora estará disponível para clientes do Royal Bank of Canada, Toronto-Dominion Bank, Bank of Nova Scotia, Canadian Imperial Bank of Commerce e Desjardins Group. O serviço estará disponível em breve para usuários dos serviços oferecidos também pelo Bank of Montreal e pelo National Bank of Canada, enquanto o Sun Life Financial seria o primeiro emissor norte-americano a usar o sistema.

A Bloomberg cita o CEO da SecureKey Greg Wolfond declarando que espera que o serviço seja usado por clientes para provar sua identidade para acessar e abrir contas bancárias, assim como serviços governamentais, até o fim de 2019. Ele também concluiu:

“Eles poderão compartilhar seus dados de uma forma segura e confiável, o que nunca foi realmente possível anteriormente.”

A adoção deste novo sistema de identificação seria parte de uma tendência em direção a implementação open banking — permitindo que clientes compartilhem seus dados financeiros com outras empresas — a pedido da Canadian Bankers Association.

Como o Cointelegraph noticiou mês passado, a agência de notícias mainstream Thomson Reuters teve concedida com uma patente para um sistema de gestão de identidade baseado em blockchain.

Além disso, no começo de abril, notícias disseram que, ao que tudo indica, a empresa de pagamentos online PayPal teria feito um investimento em uma startup blockchain — que teria foco no fornecimento de tecnologia para dar mais controle sobre identidades digitais a usuários.