Gigante de serviços financeiros BNY Mellon nomeia novo diretor de blockchain

A empresa de investimentos globais baseada em Nova York, Bank of New York Mellon (BNY Mellon), nomeou Subhankar Sinha como novo Diretor de Blockchain da empresa, de acordo com press release de 13 de maio.

O papel de Sinha na empresa será de trabalhar na administração e criação de parcerias com startups, aceleradoras e outras empresas do campo da blockchain.

Sinha já trabalhou como diretor da empresa de contabilidade internacional baseada em Londres PwC, e foi cofundador e colíder a prática de consultoria blockchain nos EUA da empresa. Depois de deixar a PwC, ele criou uma empresa para aconselhar modelos de negócios a startups.

A BNY Mellon publicou uma oferta de emprego (já desativada) para o papel de “Blockchain Senior Principal” na plataforma corporativa online LinkedIn quatro meses atrás, destacando que estava procurando um "especialista na matéria para as tecnologias blockchain/DLT technologies da empresa”.

A BNY Mellon — um banco com US$ 34,5 trilhões de ativos sob sua custódia e/ou administração e US$ 1,8 trilhão em ativos sob gestão — começøu testes em tecnologia blockchain em 2015, chegando a lançar a chamada BK Coin como um token para uso interno de incentivo corporativo, de acordo com o WSJ.

Desde então, a BNY Mellon tem usado blockchain para manter backup de dados de transações e cofundou um projeto (Utility Settlement Coin ou USC) para emitir moedas na blockchain. Mais recentemente a empresa fechou parceria com a Intercontinental Exchange para oferecer armazenamento de chaves privadas para ativos cripto.