‘Exchanges precisam ser um ecossistema, e não só um lugar para comprar Bitcoin’, diz CZ, da Binance

Changpeng Zhao (CZ), CEO e co-fundador da Binance, declarou em palestra na BlockShow Asia 2019, promovida pelo Cointelegraph em Singapura entre 14 e 15 de novembro, que as exchanges de criptomoedas não podem mais ser apenas um lugar para compra e venda de ativos digitais.

Segundo CZ, quando a Binance começou como uma exchange para criptomoedas, o ecossistema cripto e blockchain era mais simples, mas hoje as plataformas de compra e venda de Bitcoin e criptomoedas precisam oferecer uma série de serviços pois os usuários estão cada vez mais exigentes e interessados na exposição de novas ferramentas.

“Temos trabalhado muito para disponibilizar mais serviços ao longo de nossa existência. Basicamente há dois anos atrás as exchanges tinha uma simples função de tornar mais fácil a entrada das pessoas ao mundo cripto, agora elas precisam ter acesso a novas tecnologias e oferecer mais serviços que possam fazer a conexão entre o mundo digital e o mundo financeiro tradicional”, destacou.

CZ também disse que os planos da Binance para 2020 envolvem diferentes estratégias, desde conquistar mais clientes, disponibilizando seus serviços para mais pessoas até conversas com governos para integrar Bitcoin e criptomoedas ao ecossistema:

“Como disse, as exchanges agora são como ecossistemas que agregam diferentes funções, em diferentes frentes. Estamos falando com governos em todo o mundo buscando integração entre o mundo da blockchain e das criptomoedas e o mundo tradicional para que mais lugares sejam como as bermudas que aceitam stablecoins para o pagamento de impostos.”

O fundador de uma das principais exchanges do mundo, disse com exclusividade ao Cointelegraph que a Binance tinha um importante anúncio a fazer:.

“Fizemos uma parceria recente com a HTC para integrar bitcoin e criptomoedas em um aparelho da companhia. Anunciamos uma parceria com a Praxos para permitir que nossos usuários possam converter suas stablecoins diretamente em dólares e receber em suas contas bancárias e faremos um importante anúncio na Turquia no dia 16, temos trabalhado muito e vamos continuar assim.”

CZ foi um dos principais palestrantes da BlockShow 2019, um dos principais eventos sobre blockchain e novas tecnologias do mundo e que também reuniu representantes da Blockstream, Hyperledger, NEO, entre outros.

A Binance não para de se movimentar no mercado internacional. Como noticiou o Cointelegraph, a Binance deve ajudar o governo da Ucrânia a construir uma legislação em torno da industria cripto/blockchain. No Brasil, a empresa afirma que poderá abrir a plataforma para clientes do país e até adotar alguma stablecoin lastreada em reais.