União Europeia lança International Association of Trusted Blockchain Applications

A União Europeia anunciou o lançamento oficial da International Association of Trusted Blockchain Applications (INATBA) em seu site oficial nesta quarta-feira, 3 de abril.

De acordo com um representante do Cointelegraph que participou da cerimônia de hoje na Comissão Europeia em Bruxelas, entre os mais de 100 membros que assinaram a carta estão a IBM, Accenture e Deutsche Telekom. Entre os membros relacionados ao universo blockchain estão IOTA, Ripple, ConsenSys e Fundação Sovrin.

De acordo com o anúncio, o INATBA pretende reunir startups do setor, pequenas e médias empresas (PMEs), órgãos reguladores e de definição de padrões para promover a adoção da blockchain e da tecnologia de registro distribuído (DLT).

Durante a cerimônia em Bruxelas, a Comissária Europeia para a Economia e Sociedade Digital, Mariya Gabriel, observou que a UE está empenhada em promover o desenvolvimento da blockchain. Ela disse:

“Na economia atual, há cada vez menos tempo para construir confiança na maneira como isso aconteceu no passado. Para combater o câncer, equilibrar a energia renovável e rastrear a autenticidade de produtos os atores devem ser capazes de confiar uns nos outros sem se encontrarem face a face. E como podemos conseguir isso? Claro, com a ajuda da blockchain.”

A publicação do bloco europeu também afirma que a nova organização está disposta a promover o uso de tecnologias descentralizadas, estabelecendo uma estrutura regulatória dedicada. Afirmando:

“O INATBA visa desenvolver uma estrutura que promova a colaboração entre os setores público e privado, a convergência regulatória, a previsibilidade jurídica e assegure a integridade e a transparência do sistema.”

Na cerimônia de desta quarta-feira, dia do lançamento, 48 organizações adicionais solicitaram entrada na associação.

Como informado pelo Cointelegraph em janeiro, a Autoridade Bancária Europeia (EBA) recomendou mais pesquisas sobre as criptomoedas e desenvolverá trabalhos sobre o setor em 2019 em um documento focado na “aplicabilidade e adequação da lei da União Europeia aos criptosativos.”

Também em janeiro, um membro do Conselho de Governadores do Banco Central Europeu (BCE) alertou que “a bolha [das criptomoedas] já começou a desmoronar.”

Reportagem com a colaboração de Simon Chandler.