Criador de políticas do Banco Central Europeu chama a cripto de "um contos de fadas"

Um membro do Conselho de Presidentes do Banco Central Europeu (BCE) alertou que “a bolha [da criptomoeda] já começou a desmoronar”, informou a Bloomberg em 7 de janeiro.

Falando em uma conferência em Riga, na Letônia, Ardo Hansson - também o presidente do banco central da Estônia - afirmou que as moedas digitais vão acabar como “um absoluto monte de bobagens”. O funcionário advertiu que “a bolha já começou a entrar desmoronar  e talvez devêssemos apenas assistir até onde vai esse colapso e o que resta quando chegarmos a um novo tipo de equilíbrio”. Hansson acrescentou:

"Acho que voltaremos daqui a alguns anos e diremos como poderíamos ter chegado a essa situação em que acreditávamos nesse tipo de história de conto de fadas."

Hansson também teria enfatizado a necessidade de se concentrar na questão da proteção ao investidor de cripto, observando que as moedas digitais poderiam ser usadas para atividades ilegais. O presidente do banco central também enfatizou as preocupações em torno da estabilidade financeira, dado o aumento das ligações entre os ativos digitais e o setor financeiro regulamentado tradicional.

Como relatado anteriormente, o criador de políticas do BCE apoiou as críticas do presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, sobre o estabelecimento de uma criptomoeda nacional estoniana, o Estcoin. Draghi disse à época que “nenhum Estado membro pode introduzir sua própria moeda; a moeda da zona do euro é o euro.”

Em novembro, o membro do Conselho Executivo do BCE Benoit Coeure também criticou o Bitcoin (BTC), afirmando que “poucos lembram que Satoshi [Nakamoto] incorporou no bloco-gênese uma manchete do Times de janeiro de 2009 sobre o resgate dos bancos do Reino Unido. Em mais de uma maneira, o Bitcoin é o germe maligno da crise financeira.”

Em contraste com a declaração da Coeure, o vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, declarou em setembro que a União Europeia se concentrará no desenvolvimento da classificação de ativos cripto e no mapeamento regulatório. Dombrovskis disse à época que os ativos cripto estão "aqui para ficar", e o mercado de cripto ainda "continua a crescer" apesar da "recente turbulência".