Presidente do Banco Central Europeu: Sem poder para regular o Bitcoin

Mario Draghi, o atual presidente do Banco Central Europeu (BCE) fez alguns comentários surpreendentes durante sua apresentação hoje na Audiência da Comissão de Assuntos Econômicos e Monetários.

Quando perguntado sobre regulamentos ou banimentos de criptomoedas, semelhante às decisões políticas que o governo central chinês impôs, Draghi deixou claro que não há como proibir o Bitcoin, nem mesmo regulá-lo, dizendo:

"Na verdade, não está a alcance dos nossos poderes proibi-las e regulá-las. Temos de perguntar quais são os efeitos das criptomoedas na economia".

Ele acrescentou que elas ainda são muito imaturas para serem consideradas uma metodologia de pagamento viável - uma conclusão que o BCE chegou em conjunto com o Banco Central do Japão na semana passada.

Controle da Estônia

Embora o BCE não tenha poderes para o controle regulatório do Bitcoin e outras criptomoedas, eles têm controle sobre os Estados membros da UE que desejam emitir sua própria criptomoeda, como a Estônia.

Draghi deixou bem claro que o BCE não reconhece o "estcoin", afirmando que nenhum Estado membro pode emitir sua própria moeda, nem mesmo digitalmente. "A moeda da Eurozona é o euro", disse ele sucintamente.