EToro emitirá cartões de débito a partir do segundo trimestre de 2020

A plataforma de investimento multi-ativos eToro planejam lançar um cartão de débito no segundo trimestre de 2020.

Em 9 de dezembro, o Business Insider informou que os 12 milhões de usuários da plataforma de negociação de ativos digitais, com sede no Reino Unido, poderão gastar seus lucros através de um cartão de débito, planejado para ser lançado no segundo trimestre do próximo ano.

O serviço será lançado no Reino Unido. No entanto, outros detalhes sobre o lançamento planejado do cartão de débito ainda não estão claros.

A chefe global de relações públicas e comunicações da EToro, Amy Butler, confirmou ao Cointelegraph que a empresa está realmente trabalhando no lançamento de um cartão de débito, mas se recusou a fornecer mais detalhes neste momento.

40% dos millennials preferem cripto em caso de recessão

Em setembro, a EToro citou uma pesquisa sobre investimento geracional, realizada de 18 a 31 de julho, entre 1.000 investidores online nos Estados Unidos, sugerindo que 40% dos millennials preferem investir em criptoativos em caso de recessão. Guy Hirsch, diretor da EToro EUA, disse na época:

"Acreditamos que, caso ocorra uma recessão, veremos uma diminuição nos portfólios de ações e crescimento em outras classes de ativos, como criptomoeda, além de novos modelos de propriedade fracionada. Historicamente, essas oportunidades de investimento foram limitadas a um patrimônio líquido alto e a investidores institucionais, mas a inovação está abrindo essas oportunidades para os investidores comuns e, claramente, esses resultados indicam que a demanda existe.”

A eToro adquire aplicativo de portfólio de criptomoedas

Em novembro, a eToro adquiriu o aplicativo de portfólio de criptomoedas Delta, um negócio que supostamente teve o valor aproximado de US$ 5 milhões. O aplicativo rastreia 6.000 criptomoedas e tokens diferentes, em 180 exchanges, e seria integrado à plataforma eToroX, que permitiria que os usuários negociassem dentro do aplicativo.