App de golpe Ethereum é exibido na Google Play Store, reporta pesquisador de malware

A Google Play Store do Android tornou-se recentemente um local para hospedar outro aplicativo de golpe Ethereum (ETH) relatou o The Next Web em 21 de agosto.

Lukas Stefanko, um pesquisador de malware da Eslováquia, encontrou um aplicativo "Ethereum" fraudulento no Google Play que supostamente foi oferecido para compra ao preço de € 335 ou cerca de US $ 388, segundo o The Next Web.

Em um tuíte de 20 de agosto, o pesquisador notou que comprar o aplicativo “não é o mesmo” que uma compra na Ethereum, sugerindo que sua recente descoberta é um golpe cripto destinado a fraudar usuários imitando a altcoin Ethereum original, que vale cerca de US $ 290 no momento.

Scam

Captura de tela do Twitter de Lukas Stefanko

O tuíte de Stefanko mostra que o aplicativo scam, descrito pelo Google Translate como "apenas um Ethereum", foi desenvolvido pelo chamado "Google Commerce Ltd" e conseguiu acumular mais de 100 instalações desde a última atualização, em agosto de 2017, pela hora do relatório.

O nome genuíno do desenvolvedor dos aplicativos apoiados pelo Google na Google Play Store é "Google LLC". No momento, o aplicativo não está disponível no Google Play.

Em 27 de julho, o Google baniu aplicativos de mineração de cripto em sua Play Store, permitindo apenas aplicativos de mineração remotos. De acordo com a The Next Web, apesar da recente proibição, vários aplicativos ilícitos, como o JSEcoin, ainda estão aparecendo na loja, observando que os desenvolvedores do Google têm 30 dias a partir da data de alterações de política para cumprir.

No início de abril, a gigante de tecnologia também anunciou a proibição de todas as extensões de mineração de sua Chrome Web Store, bem como todas as extensões de navegador para minerar cripto. E em março, o Google seguiu a iniciativa do Facebook ao anunciar a proibição de todos os anúncios relacionados a cripto de todos os tipos, uma etapa que supostamente afetou subsequentemente os mercados de cripto.