Construtora MRV usa blockchain para incorporação imobiliária no Rio de Janeiro e planeja expandir adoção

A construtora MRV Engenharia realizou, em agosto, uma incorporação imobiliária usando blockchain na otimização dos serviços cartorários envolvidos na transação. A notícia é do dia 22 de outubro, do jornal gaúcho Jornal do Comércio.

Segundo a matéria, a MRV Engenharia adotou a tecnologia blockchain em um empreendimento que será lançado em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

Todos os serviços cartorários foram registrados na blockchain e concluídos em poucos minutos. Nos cartórios tradicionais, os registros de escritura de compra e venda levam até 60 dias para serem processados. Já registros do memorial de incorporação e convenção de condomínio levam até 45 dias, diz o texto.

O diretor de TI da MRV, Reinaldo Sima, diz que a iniciativa foi um piloto para "averiguar situções como agilidade e segurança da operação". O resultado foi considerado satisfatório pela empresa, que espera "popularizar" a adoção à tecnologia:

"Estamos estudando há alguns meses a blockchain junto com o processo de vendas de imóveis. Percebemos, ao longo do estudo, um potencial para reduzir ciclo e complexidade do registro da incorporação e do próprio imóvel para nós e para quem vende, pois o tempo é curtíssimo."

O diretor destaca a agilidade como principal força para a adoção de blockchain por cartórios, vendedores e compradores, tornando o processo totalmente digital. A iniciativa também pretente envolver os bancos, para receber e enviar informações sobre contratos. Ele ressalta, porém, que os testes ainda estão no começo:

"Os cartórios estão abertos a inserirem a blockchain na sua rotina, mas ainda é embrionário o uso para essas operações."

A MRV Engenharia é uma das maiores construtoras do país com operação em diversos estados do Brasil. A matéria diz que a maior adesão à blockchain pela empresa é em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, com expectativa de que nos próximos meses outras regiões também adotem blockchain.

Continue lendo: