Elon Musk anuncia apoio a candidato que defende o Bitcoin na eleicão à presidência dos EUA

CEO das empresas Tesla, de carros elétricos, SpaceX, de sistemas aeroespaciais, e de vários outros projetos, Elon Musk anunciou seu apoio à candidatura de Andrew Yang na corrida presidencial dos EUA, cujas eleições acontecem no ano que vem. 

Yang é conhecido, entre outras coisas, por suas posições a favor do Bitcoin e das criptomoedas, como já mostrou o Cointelegraph.

Para concorrer ao cargo mais importante da política norte-americana, Andrew Yang ainda precisa vencer as prévias do Partido Democrata. No entanto, já tem um aliado de peso na conquista deste objetivo.

Durante o seu podcast "Hard Core History", o comentarista político americano e podcaster, Dan Carlin, falou sobre as qualidades de Yang. Musk, então, postou em sua página no Twitter o seu apoio ao candidato

"Eu apoio Yang", disse o empreendedor.

Yang causou alvoroço no mundo das criptomoedas quando anunciou que aceitaria doações em criptomoedas para financiar sua campanha presidencial.

Além de doações através da empresa de pagamentos Venmo, Yang também aceita recursos em Bitcoin, Ethereum e qualquer outro criptoativo compatível com o padrão ERC20.

Para financiar a campanha de Yang, o comitê de campanha "Human Forward Fund" realizou uma parceria com a empresa OpenNode para angariar fundos de pessoas físicas e corporações. 

A OpenNode é uma plataforma de pagamento que faz a ligação do sistema financeiro tradicional com o mundo das criptomoedas.

Recentemente, o Cointelegraph também mostrou que a campanha de Yang também aceita doações de Bitcoin via Lightning Network.

Yang estará presente no debate número três, marcado para 12 de setembro de 2019. Até a definição do candidato oficial do Partido Democrata, ele ainda deve debater com outros oito candidatos: Joe Biden, Bernie Sanders, Elizabeth Warren, Kamala Harris, Pete Buttigieg, Beto O'Rourke, Cory Booker e Amy Klobuchar.

Yang tem se mostrado um candidato progressista e apresentou em seus debates algumas propostas que não tinham aparecido ainda no debate presidencial. Uma das mais polêmicas é a renda básica universal. O site do candidato explica o conceito:

"Andrew implementaria o Freedom Dividend, uma renda básica universal de US$ 1.000 por mês, totalizando US$ 12.000 por ano, para todos os adultos americanos com mais de 18 anos. Isso independe do status de trabalho ou de qualquer outro fator."

O bilionário Elon Musk, por sua vez, acredita que o Bitcoin pode ser uma grande alternativa ao sistema financeiro tradicional.

Conforme reportado pelo Cointelegraph, Musk acredita que “a estrutura do Bitcoin é brilhante”.