Elixxir anuncia seu novo token voltado para a privacidade, o XX Coin

Em uma conversa ao pé da lareira com o editor executivo do Cointelegraph Jay Cassano no BlockShow Asia 2019, o presidente da Elixxir, Jim Dolbear, anunciou o lançamento do xx coin, uma moeda digital que oferecerá suporte a mensagens descentralizadas, pagamentos e dApps na rede associada xx.

“A maneira como tudo isso se desenrolava originalmente tinha a ver com a privacidade associada à expressão política. Com quem você está falando, o que você está lendo?”, disse Dolbear. "Estamos tentando permitir que as pessoas controlem seus próprios metadados."

Em um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph no mesmo dia, o pioneiro em dinheiro digital e CEO da Elixxir, David Chaum, disse: “A rede xx e o xx coin servirão aos usuários de smartphones e desenvolvedores de dApps, valendo-se do anonimato e da privacidade da Elixxir, que destroi os metadados, e também com a segurança, velocidade e escalabilidade da Praxxis."

Chaum explicou ainda que, ao reunir os três projetos, a rede xx resolve a tensão entre a escala de velocidade e a privacidade/segurança.

Com expectativa de lançamento no início de 2020, a rede xx beta fornecerá uma integração mais substancial entre Elixxir e Praxxis. A rede também funcionará em 600 nós independentes que foram selecionados no início deste ano. O diretor de operações da Praxxis, William Carter, disse:

“Para oferecer suporte aos usuários em todo o mundo, precisamos de desempenho de baixa latência e alta velocidade em escala. O xx coin fornece uma maneira para os softwares de Praxxis e Elixxir atingirem esses objetivos em execução na rede descentralizada xx. O próximo passo é a versão beta!”

Os detalhes técnicos e os planos para a distribuição do xx coin serão revelados na semana que vem em um evento no Instituto Nacional de Pesquisa de Matemática e Ciência da Computação em Amsterdã.

Chaum diz que essa nova criptomoeda é resistente à quântica

Chaum defendeu a Praxxis em agosto por sua suposta resistência a ataques de computadores quânticos.

De acordo com o inventor do e-Cash, o protocolo de consenso Praxxis supera simultaneamente os desafios de escalabilidade, privacidade e segurança (o chamado "trilemma") enfrentados pelas blockchains herdadas para fornecer a "versão puramente peer-to-peer do dinheiro eletrônico" que Satoshi Nakamoto pediu nas primeiras palavras de seu whitepaper.