Digital Asset faz parceria com Amazon AWS Aurora para interoperabilidade de linguagem de contratos inteligentes

A Digital Asset, empresa de software blockchain, fez uma parceria com a Amazon Web Services (AWS) Aurora para tornar sua linguagem de contrato inteligente de código aberto Digital Datil Modeling Language (DAML) mais interoperável. A parceria foi revelada em um comunicado de imprensa conseguido por um correspondente do Cointelegraph na Conferência IMN Synchronize Europe, em Londres, em 18 de junho.

A parceria permitirá o suporte multiplataforma da DAML para várias redes blockchain, com inclusões notáveis de Hyperledger Fabric e Corda, do consórcio blockchain R3, ambos especificamente citados no release.

Introduzida em abril de 2016, a DAML é uma linguagem expressiva projetada para empresas e instituições financeiras para modelar e executar acordos através da tecnologia de ledger distribuído (DLT).

A cooperação da Digital Asset com a AWS Aurora - mecanismo de armazenamento em nuvem da Amazon - permitirá que as empresas criem aplicativos usando a DAML e, posteriormente, os adicionem a várias redes blockchain. A integração - que estará disponível a partir de julho - é supostamente ativada pela Blockchain Technology Partners (BTP) da plataforma de gerenciamento Sextant, disponível no AWS Marketplace.

Isso será possível sem uma mudança de código e, supostamente, significa que as empresas não precisam se comprometer com um livro específico antes de construir a infraestrutura, observa o comunicado.

Depois de abrir o código-fonte da DAML em abril deste ano, a Digital Asset logo anunciou que estava integrando a linguagem com o Hyperledger Sawtooth, uma plataforma modular para ledgers distribuídos, igualmente ativada através de uma colaboração com a BTP.

O comunicado de imprensa observa que a integração com o Fabric foi ativado comercialmente pela Unbounded Network da HACERA, que conecta blockchains públicas e autorizadas em nuvens.

No mesmo mês, a Digital Asset fez uma parceria com a grande empresa de computação em nuvem VMware para integrar a DAML à plataforma blockchain de última geração.

Conforme reportado, a Amazon, por sua vez, lançou seu próprio serviço de blockchain gerenciado em abril via AWS. Essa blockchain-as-a-service (blockchain como serviço) permite que os usuários criem e mantenham blockchains com mais facilidade nas redes Ethereum e Hyperledger, automatizando certos aspectos do gerenciamento da blockchain.