Deutsche Börse e HQLA reportam "progresso significativo" em plataforma blockchain para empréstimos

Uma das principais empresas em valores mobiliários do mundo, a Deutsche Börse, informou estar "fazendo progressos significativos" em sua plataforma de empréstimos baseada em blockchain, de acordo com um comunicado divulgado nesta terça-feira, 29 de janeiro. 

A plataforma está sendo codesenvolvida pelo marketplace alemão de valores mobiliários e pela plataforma de gerenciamento de liquidez blockchain localizada em Luxemburgo, a HQLAx. De acordo com o comunicado da Deutsche Börse, seis bancos já confirmaram seus planos de aderir à plataforma de empréstimos e iniciaram “seus processos de conectividade”.

O lançamento da plataforma está previsto para o primeiro semestre de 2019 e todas as políticas legais e regulatórias devem ser finalizadas em breve, segundo a empresa. 

A Deutsche Börse anunciou seus planos para desenvolver a ferramenta de empréstimos em parceria com o HQLAx em março de 2018. A solução é baseada na plataforma blockchain Corda, do consórcio R3, e foi projetada para melhorar o processo de gerenciamento de garantias de ativos de alta liquidez (HQLA, na sigla em inglês).”

Jens Hachmeister, chefe de iniciativas blockchain da Deutsche Börse, enfatizou que a tecnologia aumenta particularmente a eficiência no financiamento de títulos. Ele também observou que a empresa continuará a implantar tecnologia de registro distribuído em outras áreas de seus negócios.

Ainda no comunicado, a Deutsche Börse revela que fez outro investimento no HQLAx em dezembro de 2018.

Recentemente, o banco multinacional holândes ING assinou um acordo com o R3 para ter um número ilimitado de licenças na plataforma Corda Enterprise. O acordo permite que o banco implemente aplicativos descentralizados (DApps) em toda a sua infraestrutura de negócios.

Recentemente, o R3 anunciou o lançamento do Corda Network, que será operado e supervisionado por uma nova organização sem fins lucrativos, a Fundação Corda Network.