Empresa de mineração Argo Blockchain aumenta taxa de hash

A empresa de mineração de criptomoedas Argo Blockchain teria aumentado suas taxas de hash à medida que o preço das ações da empresa dispara.

Expansão agressiva da empresa de mineração

A ProactiveInvestors, agência de notícias financeiras do Reino Unido, publicou em 17 de agosto que a empresa de mineração cripto Argo Blockchain estaria expandindo seus recursos de mineração depois que o preço de suas ações registrou um forte aumento nos últimos meses. Segundo o relatório, a empresa possui 7.025 máquinas, usadas principalmente para minerar Bitcoin (BTC), mas já teria encomendado mais hardware.

Neste mês, a Argo também assinou um acordo para aumentar seu suprimento de eletricidade em 357%, quantia suficiente para alimentar mais 15.000 máquinas. Com taxa de hash da empresa subindo para 1.360 petahashes, ela se tornaria a maior mineradora de capital aberto.

Iniciativa rentável

Em julho, a Argo teria extraído 163 Bitcoin, equivalentes no momento a US$ 1,655 milhão. O presidente executivo da empresa Mike Edwards comentou sobre o desenvolvimento:

"Esse mecanismo operacional é muito importante, pois triplicamos nossa capacidade de mineração para os próximos dois trimestres, sem aumento significativo nos custos não relacionados à mineração".

As ações da empresa são negociadas na bolsa de Londres sob o código ARB e custam 9,75 libras esterlinas (US$ 11,98) no momento desta publicação. O preço das ações teria triplicado em valor desde o início de maio, segundo o Google Finance.

Como o Cointelegraph publicou semana passada, a taxa de hash do Bitcoin anotou mais uma nova alta histórica, de acordo com dados de 19 de agosto do recurso de monitoramento Blockchain.com.