Carteira cripto promete tornar transferência de fundos tão simples quanto "enviar um texto"

A empresa por trás de “uma das carteiras de criptomoedas móveis mais seguras do mundo” diz que sua plataforma oferece recursos de nível bancário para proteger os tokens, garantindo que a conclusão das transações seja tão simples quanto “enviar um texto”.

A SovereignWallet diz que uma de suas principais motivações é promover a inclusão financeira e permitir que os que não têm conta em banco criem contas de cripto diretamente de seus smartphones. Por meio de sua carteira, o Ethereum e seu próprio token de utilitário podem ser enviados facilmente aos destinatários — e os usuários recebem notificações quando as transações são concluídas. Ele planeja suportar outras criptomoedas no futuro.

De acordo com seu livro branco, a plataforma espera enfrentar os altos custos associados ao envio de remessas pelo mundo. Ele citou uma pesquisa do Banco Mundial que mostrou que 250 milhões de migrantes enviaram US $ 583 bilhões para suas famílias em 2014, mas muitas vezes enfrentam taxas “exorbitantemente altas”. A SovereignWallet diz que seu serviço poderia ser mais rápido do que os métodos convencionais de enviar remessas, com os usuários desfrutando de “taxas relativamente baixas” em comparação.

Outros recursos do aplicativo SovereignWallet incluem um bate-papo seguro. Por meio da criptografia de ponta a ponta, a plataforma diz que conversas individuais e em grupo são “garantidas para permanecerem privadas”. Os históricos de bate-papo não são armazenados em seu servidor e as mensagens enviadas com erro podem ser excluídas rapidamente.

Infraestrutura revitalizadora

A SovereignWallet argumenta que, embora o blockchain seja seguro, a infraestrutura que o suporta não é — criando o risco de grandes violações e afetando a confiança na cripto. A empresa afirma que sua equipe aplicou mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento de produtos seguros para bancos e governos.

A plataforma diz que é parte do blockchain 3.0 — aproveitando os últimos avanços nessa tecnologia. Além de oferecer melhorias consideráveis quando se trata de contratos inteligentes, escalabilidade, interoperabilidade e sustentabilidade, a SovereignWallet afirma que essa última geração ajuda a eliminar as armadilhas, como velocidades baixas de transações, enormes necessidades de energia, erros de programação e falhas de segurança em contratos inteligentes. Como é descentralizado, todos os dados permaneceriam com os usuários.

Seu ecossistema é sustentado por um novo token compatível com ERC-20, conhecido como MUI. A SovereignWallet diz que foi projetada para tentar eliminar a volatilidade observada em muitas criptomoedas — o que significa que elas são inadequadas para armazenar valor e impraticáveis para uso em compras diárias. Ilustrando por que o status quo precisa mudar, escreveu a equipe em um postagem de blog: “Manter sua riqueza em criptomoeda pode fazer com que você fique rico por uma semana e não possa pagar o aluguel no dia seguinte”.

A empresa também alertou que as casas de câmbio centralizadas são uma "bomba-relógio pronta para explodir". Não só algumas delas já foram atingidas por grandes ataques por causa de sua "segurança perigosamente danificada", mas a SovereignWallet diz que essas instituições continuam a deter a maioria das criptomoedas.

Um ecossistema para o futuro

A empresa recentemente adicionou suporte à carteira para tokens AirSwap (AST), protocolo 0x (ZRX) e OmiseGo (OMG). Agora, esses tokens podem ser transferidos através da interface do SovereignWallet.

Além das remessas e das mensagens instantâneas, a SovereignWallet diz que permitirá que as ICOs para startups iniciantes sejam implementadas adequadamente. Com o tempo, a plataforma também oferecerá uma casas de câmbio descentralizada.

A empresa está realizando uma venda de tokens, destinada a financiar a conclusão de seu aplicativo. A segunda fase, que mostrará tokens MUI oferecidos ao público, começa às 10h da manhã do dia 5 de setembro e termina pouco antes da meia-noite de 30 de setembro. Um total de 50 milhões de tokens MUI estão sendo vendidos, com uma taxa de câmbio de 1 ETH por 5.000 MUI.

Seokgu Yun é o fundador e CTO da SovereignWallet, enquanto sua cofundadora, Frances Kim, atua como COO.

A empresa foi fundada em 2015, e a equipe espera poder alcançar as centenas de milhões de pessoas que têm um smartphone, mas não têm acesso a serviços financeiros básicos — criando novas oportunidades e alimentando o crescimento econômico.