Whale Alert, serviço de rastreamento de transações cripto, anuncia versão 2.0

O Whale Alert, um serviço dedicado ao rastreamento de grandes transações de criptomoedas, anunciou o desenvolvimento da segunda versão de sua plataforma.

Capacidades de rastreamento atualizadas

A conta oficial do Whale Alert no Twitter anunciou em 20 de agosto que o serviço está trabalhando no desenvolvimento da segunda versão de sua plataforma, que incluirá serviços adicionais. O anúncio diz:

“Estamos felizes de anunciar o Whale Alert v2: o maior rastreador blockchain independente do mundo, que será lançado no 4º trimestre de 2019. Mais blockchains, melhor análise e mais recursos!”

O anúncio também tem um link para uma seção do website do projeto, dedicado à iniciativa, que fornece mais detalhes sobre os recursos da próxima versão da plataforma. O site diz:

“O Whale Alert v2 incluirá melhorias em nosso site e API, melhor rastreamento de fraudes e hacks e um explorer aprimorado, abrangendo todas as blockchains. Partes da v2 já estão sendo integradas ao Whale Alert e o sistema completo estará totalmente operacional no quarto trimestre de 2019. ”

Segurança e identificação

De acordo com o site, o Whale Alert v2 contará com melhor rastreamento de fraude e hacks, novas análises avançadas especialmente desenvolvidas para rastreamento de hacks e scams, um explorador de blocos atualizado e melhores índices de confiança na atribuição de endereços. A plataforma também mostrará o nome do proprietário para os endereços conhecidos ao lado do tipo de carteira (hot, cold, depósito).

Como o Cointelegraph publicou recentemente, o Whale Alert chamou atenção para quatro transações em Bitcoin (BTC) em 17 de agosto, que combinadas movimentaram US$ 240 milhões em BTC. A plataforma acreditava que os fundos seriam provenientes do alegado esquema cripto PlusToken.