'A indústria cripto precisa de uma educação mais especializada', diz executivo da Ripple

O chefe de impacto social da Ripple, Kelly Weber, defendeu que as universidades de todo o mundo expandam seus programas de educação para oferecer cursos de treinamento em blockchain e ativos digitais que estejam diretamente relacionados às aplicações reais do setor.

Demanda de força de trabalho em blockchain excede a oferta

Weber falou sobre a falta de mão-de-obra qualificada e recursos educacionais relevantes em blockchain drante uma entrevista ao OpenAccessGovernment, publicada em 20 de agosto. Ele também citou um relatório que relata que “houve um aumento de 517% na demanda por engenheiros de software com habilidades de desenvolvimento de blockchain no passado ”, mas “a demanda está superando a oferta ”. Weber esclareceu:

“Grande parte da questão é que as empresas precisam de dois tipos de profissionais de blockchain. Primeiro, eles precisam de engenheiros que tenham profundo conhecimento das tecnologias e possam implementar mudanças imediatamente. Em segundo lugar, eles precisam preencher funções não técnicas com funcionários seniores, que podem tomar decisões envolvendo a aplicação de blockchain para atingir os objetivos comerciais. Para fazer isso, no entanto, esses funcionários precisam de conhecimento prático sobre a tecnologia. A indústria tem uma lacuna de habilidades bem documentada, mas crescente, que deve ser corrigida ”.

Cursos de blockchain poderiam ser mais específicos

Weber afirmou que, enquanto mais de 40% das 50 melhores universidades do mundo oferecem pelo menos um curso sobre blockchain ou criptos, estes estão ligados a diferentes disciplinas, como direito, engenharia, matemática e administração de empresas. Para resolver esse problema, diz Weber, as universidades precisam oferecer cursos relacionados às aplicações reais da indústria.

Weber também acredita que as empresas do setor devem se engajar com seus colegas acadêmicos para ajudar na formação de uma força de trabalho, observando que apenas 38% das empresas estão fazendo isso.

Como o Cointelegraph publicou no começo da semana, a aceleradora blockchain MouseBelt lançou uma iniciativa de educação blockchain em três campi da Universidade da Califórnia.