OKEx fecha mais uma parceira, desta vez com o projeto blockchain da gigante da internet Kakao

A OKEx anunciou que está se juntando à Klaytn, uma plataforma pública global de blockchain desenvolvida pela subsidiária da Kakao, Ground X.

Em 25 de outubro, a OKEx escreveu em um comunicado de imprensa que o projeto de blockchain Klaytn estará integrando a exchange em seu ecossistema, com o objetivo de expandir a adoção da blockchain.

A OKEx está se juntando a vários gigantes do setor, como Samsung Blockchain, IDG Capital e Shinhan Bank. A exchange chamou essa parceria de uma oportunidade para construir um ecossistema estável de blockchain e conectar-se a diferentes redes e portfólios no setor de blockchain. Andy Cheung, chefe de operações da OKEx, comentou sobre a parceria:

"As exchanges e os novos projetos devem trabalhar juntos para definir e adotar padrões que promovam globalmente a adoção de ativos digitais."

Recentemente, a exchange de criptomoedas, Binance, se juntou ao conselho de governança de Klaytn. A Binance, juntamente com outras 24 empresas membros, como LG Electronics, Unionbank das Filipinas e Celltrion, tomará decisões importantes para os desenvolvimentos técnicos e de negócios da Klaytn.

OKEx anuncia 14 novas parcerias

Após a notícia da OKEx ingressando na Klaytn, a exchange informou em um comunicado à imprensa que havia estabelecido outras 14 parcerias com prestadores de serviços para promover a adoção do seu token OKB. Cheung disse:

"As 14 novas parcerias vão alavancar o OKB. Juntamente com a nossa comunidade, continuaremos a explorar a possibilidade do OKB. Ao oferecer uma ampla variedade de aplicativos, os detentores do OKB poderão aproveitar os frutos da tecnologia blockchain e o valor apreciável do nosso token ".

Acusações de lavagem de dinheiro

Em setembro, a OKEx rebateu as alegações de práticas manipulativas. A exchange disse que as alegações feitas em um relatório recente do Blockchain Transparency Institute (BTI) "não eram precisas, apenas enganosas".