Digital Assets Data arrecada US$ 6 milhões em financiamento da Morgan Creek Digital Assets e outras empresas

A Digital Assets Data — uma empresa de dados e fintech focada em criptos — levantou US $ 6 milhões de patrocinadores do setor, como o Digital Currency Group, o Morgan Creek Digital Assets e outros.

O financiamento vai permitir à empresa construir uma nova plataforma de dados cripto institucional, de acordo com comunicado enviado ao Cointelegraph em 30 de abril.

O co-fundador e CEO da Digital Assets Data Mike Alfred foi também co-fundador e CEO da Blackscope, uma empresa de informações financeiras que forneceu dados e serviços de ranqueamento para grandes gestores de ativos como Black Rock, JPMorgan, Goldman Sachs e Fidelity, segundo o texto.

Assim como o Digital Currency Group e a Morgan Creek Digital Assets, o financiamento de US$ 6 milhões da Digital Assets Data teve contribuição de nomes como Distributed Global, Galaxy Digital, CMT Digital e do CEO da Ritholtz Wealth Management, Joshua Brown, entre outros.

De acordo com o comunicado de imprensa, a próxima plataforma de dados cripto da empresa terá como objetivo fornecer informações de nível institucional e insights sobre o espaço de ativos digitais para uma ampla base de clientes, incluindo fundos de cobertura cripto, escritórios familiares e empresas de pesquisa de gestão de ativos.

A plataforma, que teria sido lançada em março deste ano, "ajuda clientes a compor seu conhecimento sobre o espaço de ativos digitais e construir qualquer modelo, análise, heurística ou sinal, como código”, afirma o comunicado de imprensa.

Na declaração de Mike Alfred, o CEO destaca que a oferta ofereceria dados de referência e mercados na cadeia para clientes com um ambiente todo sediado em nuvem.

Como já noticiado, o Digital Currency Group, liderado pelo conhecido advogado cripto Barry Silbert, fez quase 130 investimentos na indústria até hoje, incluindo empresas de alto perfil como Coinbase, Circle e Ripple, segundo o comunicado.

Em fevereiro, a Morgan Creek Digital assegurou US$ 40 milhões em financiamento de investidores que incluíam os dois maiores fundos de pensão dos EUA para seu novo fundo de capital de risco, o Morgan Creek Blockchain Opportunities Fund.