Dois fundos de pensão dos EUA lideram arrecadação de US$ 40 milhões para fundo de blockchain

A empresa de ativos digitais dos Estados Unidos, Morgan Creek Digital, garantiu US$ 40 milhões em financiamento de investidores, incluindo dois importantes fundos de pensão, informou a Bloomberg nesta terça-feira, 12 de fevereiro, citando um comunicado da empresa.

O Morgan Creek Digital, que lançou o Digital Asset Index Fund em agosto do ano passado, fechou financiamento de dois dos três planos de benefícios do Fairfax County Retirement Systems, fundo de pensão dos empregados na administração do condado de Fairfax, na Vingínia. 

O novo fundo de capital de risco é chamado de Morgan Creek Fundo de Oportunidades em Blockchain (em tradução livre) e está focado em investir no setor de ativos digitais, de acordo com o The Next Web.

O limite original do investimento, estabelecido em US$ 25 milhões, aumentou devido ao elevado nível de interesse, segundo informações do CEO da empresa, Anthony Pompliano, ao The Next Web.

O acordo entre os dois fundos veio ainda em 2018, quando Pompliano publicou um post sobre a utilidade do Bitcoin (BTC) no setor de pensões.

"A arrecadação para o fundo não aconteceu da noite para o dia, então definitivamente foi antes do artigo ser escrito", disse ele à publicação.

Pouco foi divulgado sobre a composição completa dos investidores na última rodada. A Bloomberg cita o principal escritório de investimentos de um dos fundos de pensão Fairfax, expressando uma crença similar no potencial do Bitcoin.

“Levará tempo para que os fundos de pensão se acomodem com o investimento no Bitcoin. Precisamos educar várias partes interessadas e desmistificar essa indústria nascente”, escreveu Pompliano em seu post em dezembro:

"Quando alguém toma a decisão, cria um efeito cascata que leva a centenas deles a entrar."