Professor de lei da Columbia Robert Jackson nomeado comissário da SEC

O professor de direito Robert Jackson da Columbia Law School foi nominado pelo presidente dos EUA, Donald Trump, para assumir o cargo de comissário aberto para a Comissão de Títulos e Câmbio. O prazo para a referida posição durará até 5 de junho de 2019.

Credenciais de Jackson

Entre as credenciais de Jackson estão atuar como Diretor do Programa da Columbia de Política e Direito Societário, assessor sênior do Departamento do Tesouro durante a crise financeira e ajudar Kenneth Feinberg no Programa de Alívio de Ativos Problemáticos (TARP). O trabalho de Feinberg era supervisionar a remuneração dos executivos do programa.

Jackson também possui vários graus acadêmicos, incluindo dois títulos de bacharel da Universidade da Pensilvânia, um MBA em finanças da Wharton, outro mestrado da Kennedy School of Government de Harvard e um diploma de direito de Harvard.

Equipe de Jackson

O último Comissário democrata restante é Kara Stein, cujo mandato expirou recentemente, mas foi autorizado a permanecer até que sua substituição fosse encontrada. Jackson ocupará seu lugar.

A Casa Branca também nomeou o republicano Hester Pierce para preencher um dos assentos vagos de comissário. Uma vez que o senado confirmar esta nomeação, o prazo de Pierce será executado até 5 de junho de 2020. Pierce deverá ocupar o assento anteriormente detido por Luis Aguilar.

Katherine Brunnet McGuire é atualmente a chefe de gabinete do representante Randy Hultgren. Ela também esteve no Comitê de Saúde, Educação, Trabalho e Pensões do Senado (HELP) como diretora de equipe sob o comando do senador Mike Enzi, R-Wyo.


Siga-nos no Facebook