Monex Group, dona da Coincheck, anuncia grandes mudanças de gerenciamento

A corretora japonesa que comprou exchange hackeada Coincheck em abril de 2018, Monex Group, anunciou grandes mudanças em sua estrutura de gerenciamento. A notícia foi revelada em press release publicado em 27 de março.

O atual diretor executivo e presidente do grupo Monex, Oki Matsumoto, também será o será também o diretor representante e presidente da Monex, bem como presidente da Coincheck.

Segundo o anúncio, dentro da Monex, “diversos empresários serão promovidos agressivamente para posições de gestão”. O comunicado também revela que três diretores executivos da Coincheck passarão a servir para os mesmos cargos na Monex para melhorar a cooperação entre as empresas do grupo. O atual diretor executivo sênior e diretor de investimentos da empresa, Koichi Tateno, renunciará e se tornará um conselheiro sênior.

A empresa denota que todas as mudanças no quadro de colaboradores estão prontas para entrarem em vigor a partir de primeiro de abril de 2019.

A empresa espera que as mudanças possam revitalizar e aprimorar a flexibilidade do Monex Group. O texto também diz que a empresa tem objetivo de estabelecer melhor interação entre as empresas que compõem o grupo, entrelaçando-as.

Como o Cointelegraph reportou em janeiro, o Monex Group alertou para uma nova fraude que estaria se passando pela empresa. Em dezembro, a empresa anunciou planos de lançar negociação de criptomoedas nos EUA.

Nesta semana, a gigante japonesa de e-commerce Rakuten completou o registro de sua exchange Rakuten Wallet, que está pronta pra ir ao ar no mês que vem.