Coinbase não está investindo no setor de exchanges descentralizadas, confirma executivo

A exchange dos Estados Unidos Coinbase não tem planos de lançar uma exchange descentralizada (DEX), conforme um executivo sênior disse à rede de notícias de criptomoedas The Block em uma entrevista de 29 de maio.

Falando sobre as atividades da Coinbase, Emilie Choi, vice-presidente de Negócios, Dados & Internacional da empresa, disse que, apesar de adquirirem a plaraforma P2P Paradex no ano passado, a negociação descentralizada não é uma prioridade.

“Eu penso na área de exchanges descentralizadas, vai ser interessante ver isso acontecer. Acho que tem muito potencial ”, disse ela.

A Coinbase mirou em investidores de altos volumes nos EUA e fora do país nos últimos anos, com foco no mainstream nas principais linhas de entrada e saída do setor de criptomoeda.

Segundo Choi, a iniciativa colocou a empresa em uma posição diferenciada com relação à plataformas que atuam apenas com criptos como a Binance, que continua a divulgar detalhes sobre o lançamento de sua exchange descentralizada.

“Nós somos a ponte da moeda fiduciária para as cripto e temos um papel diferente das demais no nosso espaço, em termos de tentar nos tornar um centro confiável e seguro para a economia cripto", disse ela, antes de completar:

“Estamos tentando nos certificar de que, se lançarmos uma DEX, vamos fazê-lo de uma forma segura e com conformidade. Acho hoje que não está muita claro como isso funcionaria. Eu acredito que o espaço é interessante, mas não estamos investindo ativamente nele no momento.”

Binance regularmente ocupa a liderança da tabela de exchanges líderes em volumes de negociação globais. No entanto, Choi sugeriu na entrevista que as duas operadoras movem-se em direção a setores separados do mundo cripto.

“Nós não poderíamos ser mais diferentes em termos do objetivo de formar uma ponte entre moedas fiduciárias e cripto e tornar-se um centro confiável e seguro para a economia cripto. Acho eles estão jogando um jogo, e nós estamos jogando outro", disse ela.

Como o Cointelegraph noticiou, rumores deram conta de que a Coinbase estaria conversando com o Facebook sobre uma suposta GlobalCoin, um token de criptomoedas nativo que estaria sendo prometido para o próximo ano.